Ex-técnico inglês ganhava 10 vezes mais que rival islandês; veja lista

Do UOL, em São Paulo

O agora ex-técnico da Inglaterra Hoy Hodgson, eliminado nesta segunda (27) da Eurocopa após perder para a Islândia tinha o maior salário entre os treinadores da Euro. O treinador recebia quase R$ 16 milhões por ano para comandar os ingleses.

Lars Lagerbäck, treinador da seleção da Islândia, que eliminou a Inglaterra ao vencer por 2 a 1 ganha 10 vezes menos que o rival desta segunda: R$ 1,5 milhão.

O treinador da Islândia é apenas o 13º mais bem pago da Euro.

O jornal Daily Mail mostrou uma lista com o salário de todos os treinadores.

Confira os 10 melhores salários de treinadores da Euro:

Hoy Hodgson (Inglaterra) R$ 15,8 milhões
Antonio Conte (Itália) R$ 14,25 milhões
Fatih Terim (Turquia) R$ 12,2 milhões
Joachim Löw (Alemanha) R$ 9,72 milhões
Vicente del Bosque (Espanha) R$ 9 milhões
Didier Deschamps (França) R$ 5,8 milhões
Marcel Koller (Áustria) R$ 5,2 milhões
Martin O'Neill (Irlanda) R$ 4, 52 milhões
Fernando Santos (Portugal) R$ 4,3 milhões
Bernd Storck (Hungria) R$ 3,4 milhões
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos