CAS condena time árabe a pagar R$ 11 milhões ao Flamengo por Hernane

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Alexandre Vidal - Fla Imagem

    Hoje no Bahia, Hernane foi vendido pelo Flamengo ao Al Nassr em 2014

    Hoje no Bahia, Hernane foi vendido pelo Flamengo ao Al Nassr em 2014

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) anunciou nesta quarta-feira (29) que condenou o Al Nassr, da Arábia Saudita, a pagar 3,1 milhões de euros (cerca de R$ 11 milhões) ao Flamengo. O valor é referente à contratação do atacante Hernane Brocador em 2014, que não foi quitada até hoje.

Esse montante diz respeito apenas à primeira parcela da dívida dos árabes com o Flamengo, que totaliza 6 milhões de euros (cerca de R$ 21 milhões). As outras duas parcelas ainda serão julgadas.

"A CAS deu ganho de causa para a primeira parcela [3,1 milhões de euros]. Os árabes têm 30 dias para pagar. O Flamengo também obteve êxito em cima das outras duas parcelas, mas houve recurso. No entanto, o processo é idêntico. Em breve teremos a execução dos valores", explicou o vice-presidente jurídico do Rubro-negro, Flávio Willeman.

O julgamento na instância máxima do esporte já havia sido adiado por duas vezes, e a decisão, que estava agendada para 1º de julho, acabou saindo nesta quarta. Ainda cabe recurso do clube árabe.

Atualmente, Hernane defende o Bahia, mas é alvo de um clamor popular por parte dos torcedores do Flamengo para que retorne ao clube da Gávea, onde fez sucesso e virou xodó.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos