Conselho de Bielsa faz São Paulo definir Maicon como tutor de Lyanco

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

    Lyanco foi promovido por Juan Carlos Osorio: para Marcelo Bielsa, futuro craque

    Lyanco foi promovido por Juan Carlos Osorio: para Marcelo Bielsa, futuro craque

Um conselho do técnico argentino Marcelo Bielsa, 60, dado ainda no fim de 2015 à diretoria do São Paulo fará com que o departamento de futebol do clube inicie agora um projeto de desenvolvimento do jovem zagueiro Lyanco, 19, encabeçado pela permanência do companheiro de posição e titular Maicon. Depois de ouvir de Bielsa que Lyanco é um dos jogadores com maior potencial do futebol brasileiro, o São Paulo quer que Maicon assuma um trabalho de tutor diário do jovem.

Ainda antes de contratar Edgardo Bauza, o São Paulo consultou Marcelo Bielsa em dezembro de 2015 sobre a possibilidade de assumir o comando da equipe em 2016. As conversas não avançaram no sentido de acordo contratual, mas renderam o conselho hoje considerado valioso. Segundo membros da diretoria, Bielsa mostrou profundo conhecimento sobre o elenco e sobre as características de cada atleta, e definiu Lyanco, que naquele momento aparecia para o futebol como aposta de Juan Carlos Osorio, como um futuro craque.

AP Photo/Claude Paris
Último trabalho de Marcelo Bielsa foi no Olympique Marseille (FRA). Antes, passou por Athletic Bilbao (ESP) e pelas seleções do Chile e da Argentina

O entusiasmo com as palavras de Bielsa foi grande, mas tratado sem alarde. O cuidado foi para que o jogador não soubesse que era visto com tanto otimismo por um técnico respeitado no cenário europeu. Naquele momento, porém, a diretoria passou a refletir sobre a joia que poderia ter em mãos e decidiu que tentaria extrair ao máximo o potencial do zagueiro.

Agora, confirmada a contratação definitiva de Maicon, o plano do departamento de futebol é que o jogador de 27 anos que irá romper contrato com o Porto, de Portugal, se torne um tutor de Lyanco. O São Paulo quer que o jovem tenha Maicon como um modelo a ser seguido tanto no estilo de jogo, dentro de campo, como na postura em treinamentos e no vestiário - em quatro meses de clube, Maicon se tornou líder do elenco e hoje veste a braçadeira de capitão.

A aposta do São Paulo em Lyanco é intensa ao ponto de a diretoria ter aceitado, neste primeiro semestre de 2016, que o jovem se ausentasse dos treinos em diversos momentos para defender as seleções sub-19 e sub-21 da Sérvia. Descendente de iugoslavos, Lyanco foi monitorado pela Sérvia e ganhou a cidadania do país para defender a seleção nacional em competições na Europa. Para o São Paulo, chance de desenvolvimento profissional e de valorização do produto revelado pelo Botafogo e que terminou a formação de base no CT de Cotia.

O planejamento para que Maicon seja o tutor de Lyanco é algo traçado já há alguns meses e que precisaria de tempo para ser colocado em prática, segundo avaliaram membros da comissão técnica. Agora, Maicon deverá receber orientação para que inicie um trabalho de acompanhamento do jovem, que deverá ganhar mais oportunidades nos próximos meses - Rodrigo Caio, titular, irá à Olimpíada no fim de julho e Lucão, quarta opção para a zaga, será negociado com o Porto.

Lyanco foi promovido por Osorio em 2015 e usado prioritariamente como zagueiro. Ainda com o técnico colombiano, atuou como volante e até na lateral direita. Em 2016, em função das ausências por causa da seleção da Sérvia, atuou em apenas uma partida. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos