Presidente diz que Neymar renovará por 5 anos e nega chantagem de pai

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / JOSEP LAGO

O presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, falou que Neymar ficará no clube espanhol e que a renovação de contrato com o jogador sairá nos próximos dias. O dirigente ainda nega problemas com o pai do jogador. 

"Sobre o Neymar, ele não quer sair do Barcelona e nós também não queremos que ele vá. Não sei se será hoje, amanhã, mas confirmaremos a renovação nos próximos dias por cinco temporadas. Aos sócios do clube, digo que nunca quisemos que ele fosse embora. Os advogados do clube e Neymar estão fechando detalhes por estes dias", comentou o presidente durante a coletiva.

Batomeu negou qualquer tipo de chantagem por parte de Neymar pai ao clube espanhol para que os valores fossem muito maiores. "O pai do Neymar não nos chantageou. Os advogados estão só negociando a renovação", disse. 

Além de renovar contrato por cinco anos, até 2021, a multa de rescisão do jogador, que hoje é de 190 milhões de euros, também deve aumentar para mais de 200 milhões de euros. 

O dirigente ainda confirmou o acordo com a Justiça por conta de diferenças de valores declarados na transação do brasileiro. "Não foi um ano fácil. Tivemos a sanção da Fifa. Esta junta diretiva sempre defenderá a liberdade de expressão, como na última final da Copa do Rei. O clube, no caso Neymar, é responsável pelos erros de um contrato feito e agora fizemos o acordo judicial", explicou. 

Bartomeu ainda exaltou a temporada do clube espanhol e disse que o Barça ainda procura fazer contratações. "Estamos muito contentes com o treinador da equipe. Temos um grande time, ganhamos sete dos últimos nove títulos que disputamos. Temos Messi, o melhor do mundo. Estamos felizes com Luis Enrique. O clube também está procurando reforços", disse. 

A coletiva de imprensa foi para que o presidente apresentasse à imprensa um balanço da temporada 2015/2016 e também informasse as expectativas para os próximos meses. 

Presidente mostra os valores pagos por Neymar

Josep María Bartomeu explicou todos os números da contratação de Neymar e ressaltou que o problema do clube com a DIS não atrapalha a renovação contratual com o brasileiro.

"Pagamos 57,1 milhões de euros para trazer o Neymar. Foram 17,1 milhões ao Santos e 40 ao pai do jogador. Além disso, como ele chegou à final do Balo de Ouro, pagamos mais 2 milhões extras, sendo um total de 59 milhões de euros. Depois foram feitos outros contratos, mas o que se contabiliza é a contratação por 59,1 milhões", explicou Bartomeu.

Problemas com a Justiça não atrapalham a renovação

"Ele quer ficar e os advogados estão preparando a renovação. Quando estiver pronta, vai ser assinada. O caso Neymar na Justiça é um tema que o Barcelona aceitou o acordo e teve um erro na planificação fiscal dos anos entre 2011 e 2013. Em 2014 não houve erros. No acordo, é entendido que os 40 milhões falados são salários e não como custo de transferência. Quando estiver assinado, haverá uma sentença final da justiça", contou. 

Bartomeu ressaltou que não mudaria nada na contratação de Neymar se pudesse voltar no tempo. "Evidentemente que pagamos algo esse ano. E eu voltaria a fechar a transferência do Neymar desse jeito. As pessoas ficavam se queixando de haver sete contratos. Não foi um desastre e ninguém falou isso. Ninguém criticou a contratação do Neymar, mas há uma interpretação de que os 40 milhões de euros", analisou. 

Apesar disso, o dirigente ressaltou que pediria mais opiniões sobre o caso, se fosse fazer o contrato hoje. "Hoje em dia nós pediríamos uma segunda ou terceira opinião para fechar com o Neymar, mas o que fez o assessor fiscal em 2011 tem gente que concorda e gente que não concorda".

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos