França goleia zebra islandesa e enfrentará a Alemanha na semifinal da Euro

Do UOL, em São Paulo

Veja todos os gols de França x Islândia

A zebra que passeou contra a Inglaterra não chegou nem perto de assustar a França. Com ótima atuação de suas principais estrelas, o time de Didier Deschamps não tomou conhecimento da Islândia e venceu por tranquilos 5 a 2. O resultado coloca os donos da casa na semifinal da Eurocopa.

A goleada foi construída com dois gols de Olivier Giroud, um de Pogba, um de Griezmann e um de Payet. A Islândia descontou com Sigthórsson.

Na próxima fase, a França terá pela frente a Alemanha, maior vencedora do torneio, com três taças, mesmo número da Espanha. O confronto acontecerá na próxima quinta-feira (7), no estádio Velódrome, em Marselha. Na outra chave, Portugal e País de Gales se encaram um dia antes.

O certeiro Giroud

AP Photo/Petr David Josek

Olivier Giroud não é o jogar mais habilidoso ou o mais badalado da França, mas sua eficiência foi o destaque contra a Islândia. O atacante precisou de apenas duas chances para balançar duas vezes as redes islandesas.

Na primeira, aos 12 minutos, recebeu ótimo lançamento de Matuidi e chutou forte para superar Halldórsson e abrir o placar para os franceses. Já aos 14 minutos do segundo tempo, o tento saiu do jeito que ele mais sabe: Payet cobrou falta, Giroud ganhou no alto e contou com a má saída do goleiro para fazer mais um.

Três minutos fatais

AFP PHOTO/Francisco LEONG

Se a vida da Islândia já estava difícil com dois gols atrás no marcador, ficou ainda pior nos instantes finais do primeiro tempo. Aos 42 minutos, Payet acertou o canto esquerdo de Halldórsson e aumentou a vantagem francesa. Três minutos mais tarde, Griezmann disparou sozinho e tocou por cima do goleiro, para fazer o quarto gol francês e liquidar a eliminatória.

Pogba desencanta

AFP PHOTO/Francisco LEONG

Grande nome da França, Paul Pogba ainda não havia conseguido balançar as redes na Eurocopa. Mas a seca chegou ao fim. Aos 20 minutos da primeira etapa, o camisa 15 aproveitou escanteio cobrado por Griezmann e cabeceou para afundar as redes de Halldórsson.

Torcida não deixa Islândia se render

REUTERS/Carl Recine

Os 4 a 0 ainda no primeiro tempo mexeram com o time da Islândia. Na volta para a segunda etapa, a apatia era evidente nos jogadores, mas havia um fator que fazia com que eles continuassem tentando se superar: a torcida.

Quando o relógio marcava por volta dos 10 minutos do segundo tempo, a torcida começou a cantar em apoio aos islandeses, que responderam um minuto mais tarde. Sigurdsson cruzou e Sigthórsson desviou para fazer o "gol de honra".

Em um determinado momento do segundo tempo, Gunnarsson chegou a aplaudir a torcida por causa do apoio. E a alegria ficou um pouquinho maior aos 39 minutos, quando Skúlason cruzou e Bjarnason mandou de cabeça para as redes de Lloris.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos