Globo pede troca de estádio, e Flu fica sem sua "casa desejada" no Rio

Bernardo Gentile e Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

Sem contar com o Maracanã, o Fluminense tem feito uma verdadeira peregrinação pelo Brasil durante seus jogos. Insatisfeito com a situação, o time decidiu investir na reforma do estádio Giulite Coutinho, em Mesquita, região metropolitana do Rio de Janeiro. Após muitas obras, a nova casa do Flu estrearia na próxima quarta-feira contra o Ypiranga-RS, pela Copa do Brasil. Faltou apenas conversar com a Globo, que pediu e viu o duelo ser transferido novamente para Volta Redonda.

A informação foi confirmada pelo diretor de competições da CBF, Manoel Flores. Segundo ele, a Globo solicitou a mudança por questões de "logística, operação e segurança" para a transmissão - especialmente pela região de Edson Passos. A decisão não agradou nem um pouco o Fluminense, que será o único time carioca a entrar em campo neste meio de semana e terá o jogo transmitido pela emissora.

Por conta disso, o Fluminense se vê novamente jogando em Volta Redonda, onde tem tido público bem ruim. No último sábado, por exemplo, apenas 917 torcedores pagaram ingressos. Jogadores e o técnico Levir Culpi cobraram maior presença. O treinador ainda foi enigmático ao explicar o porquê dos poucos tricolores nos jogos.

"Vocês não sabem o problema que envolve jogar no Rio de Janeiro. Não sabem a metade. Só quem está lá dentro. Nem eu sei. Mas aí temos que transformar isso em algo positivo. Precisamos estar juntos. Separados fica pior", afirmou Levir que fez até analogias para comentar o caso. "Tinha uma neve muito grande para os ratinhos lá no Alasca. Eles estavam juntos e sobrevivendo, mas alguns escaparam e iam morrendo. Os que ficaram juntos se salvaram. A escolha é nossa", concluiu o treinador.

A CBF fez questão de ressaltar que o próximo jogo do Fluminense só não ocorrerá em Edson Passos por conta do pedido da Globo, mas que o estádio está completamente apto a receber partidas. Dessa forma, a estreia da casa do Flu deverá ocorrer no duelo contra o Cruzeiro, no dia 17. A emissora foi procurada para comentar o caso, mas não respondeu até o fechamento da reportagem.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos