Em compasso de espera, zagueiro reforça desejo de jogar pelo Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Arturo Mina marca Lucas Pratto em jogo da Libertadores, entre Atlético-MG e Del Valle

    Arturo Mina marca Lucas Pratto em jogo da Libertadores, entre Atlético-MG e Del Valle

A contratação de Arturo Mina pelo Atlético-MG depende da situação do Independiente Del Valle, do Equador, na semifinal da Copa Libertadores da América. Caso o clube avance à final, é possível que o jogador não se mude para a Cidade do Galo nesta janela de transferências. Em compasso de espera, ele segue fazendo lobby para estar entre os comandados de Marcelo Oliveira.

O zagueiro, de 25 anos, não esconde de ninguém que uma mudança para o Brasil é um dos seus planos na carreira. Contudo, o jogador que defende a sensação das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 evita dar o panorama das tratativas.

"Sim, claro que tenho vontade de jogar no Atlético-MG. Porém, não depende de mim. São os dirigentes daí (do Atlético-MG). Creio que ainda não finalizaram as negociações com o meu clube. A verdade é que ainda não sei nada. Estou esperando", disse ao UOL Esporte.

O Atlético chegou a oferecer US$ 2,5 milhões (R$ 8,2 milhões na cotação atual) pela liberação imediata do defensor. A oferta dos mineiros, todavia, foi negada pelos equatorianos. O clube estrangeiro entende que a saída só deve ocorrer após a participação na Libertadores.

O Independiente Del Valle enfrenta o Boca Juniors, da Argentina, pela semifinal da principal competição sul-americana. Caso se classifique, a decisão será disputada somente ao término da janela de transferências internacional no Brasil. A data limite para uma contratação vinda do exterior é 19 de julho.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos