Ganso pede para ser vendido ao Sevilla, mas SP exige mais de R$ 29 milhões

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

  • Ronny Santos/Folhapress

A diretoria do São Paulo afirma que o meia Paulo Henrique Ganso, 26, pediu para ser negociado com o Sevilla até o próximo dia 31. O São Paulo tem em mãos uma proposta de 7 milhões de euros (R$ 25,5 milhões) do clube espanhol e uma promessa de que o montante pode ser aumentado para 8 milhões de euros (R$ 29 milhões), mas considera o valor baixo e só aceitará vender em caso de uma oferta superior.

O pedido de Ganso para ser negociado com o Sevilla foi informado pelo presidente Carlos Augusto de Barros e Silva em entrevista ao Globoesporte.com e confirmado pelo UOL Esporte pela diretoria do São Paulo.

O presidente Leco teve uma conversa com Paulo Henrique Ganso nos últimos dias e ouviu do jogador que ele gostaria de ser negociado com o Sevilla porque entende que essa pode ser sua última chance de atingir o sonho de jogar na Europa. O São Paulo entende que Ganso não está forçando a saída, não trata o caso como guerra e deverá resolver a questão o mais rápido possível, talvez até antes do fim da participação do clube na Libertadores.

O que ainda emperra qualquer acordo é o valor proposta pelo Sevilla, considerado baixo pelo São Paulo, que detém apenas 32% dos direitos econômicos do meia e receberia apenas um terço do valor investido pelos espanhóis. Os outros 68% dos direitos pertencem ao Grupo DIS, braço esportivo do Sonda.

Paulo Henrique Ganso tem contrato com o São Paulo até setembro de 2017 e já acenou que não deverá renovar o acordo. O meia tem salário de cerca de R$ 300 mil desde que foi contratado, em setembro de 2012, e recusou oferta de renovação para ganhar R$ 400 mil – ele pede valor considerado muito alto pelo clube. A resistência de Ganso em renovar e o surgimento da proposta do Sevilla devem culminar na saída do jogador caso o clube espanhol aceite pagar valor um pouco mais alto do oferecido até aqui. Se ele não renovar até 2017, poderá sair de graça.

O Sevilla anunciou na semana passada o argentino Jorge Sampaoli como técnico após a saída de Unai Emery para o Paris Saint-Germain. O clube espanhol venceu a Liga Europa na última temporada e disputará a Liga dos Campeões na temporada 2016-17. Ganso está atualmente lesionado e não disputará o primeiro jogo da semifinal da Copa Libertadores contra o Atlético Nacional, nesta quarta-feira, no Morumbi. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos