Pai diz que Aguero deve deixar seleção argentina se Messi não voltar

Do UOL, em São Paulo

  • EFE/EPA/DENNIS M. SABANGAN

O pai de Sergio Aguero, Leonel, deixou o torcedor da seleção argentina ainda mais preocupado. Em entrevista à rádio "Paladar Rojo" reproduzida pelo jornal "Olé", Leonel disse que, caso Lionel Messi confirme o adeus ao time nacional, é bem possível que seu filho faça o mesmo.

"Se Leo deixar (a seleção), acredito que Sergio também deixe. Deixará lugar para novos jogadores. Os jornalistas dizem que já cumpriram uma etapa, eles então abrirão espaço", disse.

Vale lembrar que os dois jogadores são amigos e dividiram o quarto durante a Copa América. Quando Messi disse que a seleção tinha acabado para ele, Aguero afirmou que outros atletas também pensavam no adeus.

Sobraram críticas também para o técnico Tata Martino. Para Leonel Aguero, a escalação na final da Copa América foi equivocada e ajuda a explicar a derrota argentina para o Chile na decisão por pênaltis.

"Creio que, nas finais, tem que jogar para ganhar. A seleção deu vantagem para o Chile. Jogamos com três jogadores lesionados, demos 60 minutos de presente para o Chile", explicou.

Leonel Aguero ainda comentou sobre a insatisfação de Messi com a Associação Argentina de Futebol (AFA). Durante a Copa América, o camisa 10 postou uma reclamação em seu Instagram diante de um atraso de voo nos Estados Unidos.

"Leo (Messi) disse que a AFA é um desastre. Sai tudo errado nas viagens. Saem duas horas antes e depois têm que esperar três a quatro horas no aeroporto. Isso aconteceu nos Estados Unidos", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos