"Walter pediu pelo amor de Deus para voltar para o Goiás", diz presidente

Do UOL, em São Paulo

  • RODRIGO VILLALBA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Atacante Walter teve boa passagem pelo Goiás entre 2012 e 2013

    Atacante Walter teve boa passagem pelo Goiás entre 2012 e 2013

A polêmica sobre uma possível saída de Walter para o Goiás ganhou mais um capítulo nesta terça-feira. Em entrevista à Rádio 730 AM, de Goiânia, o presidente esmeraldino, Sérgio Rassi, revelou que o atacante 'chegou a pedir pelo amor de Deus' para voltar ao Goiás.

Ainda de acordo com o presidente alviverde, o Atlético-PR optou por não liberar Walter. "O Walter chegou a pedir pelo amor de Deus para voltar para o Goiás. O clube não liberou", disse o dirigente esmeraldino.

No último sábado, após a vitória do Atlético-PR sobre o América-MG, Walter chegou a confirmar a proposta do Goiás, mas disse que, após uma conversa com Paulo Autuori, resolveu permanecer no clube paranaense.

"Tenho o carinho da torcida do Goiás, mas estou feliz aqui. Pensei em ir sim e a possibilidade foi muito grande, mas conversei com o Autuori e ele falou que não ia me liberar, que precisa de mim e me disse que sou um líder dentro do grupo", disse.

O Atlético-PR volta a campo na próxima segunda-feira, dia 11 de julho, para encarar o Cruzeiro, no Mineirão, às 20h (de Brasília), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos