Corinthians demite gerente empregado desde o início da era Andrés

Dassler Marques

Do UOL, em São Paulo

  • Rodrigo Coca/Eleven/Estadão Conteúdo

    Roberto de Andrade, presidente do Corinthians

    Roberto de Andrade, presidente do Corinthians

O Corinthians optou pela substituição de um dos mais antigos funcionários da atual diretoria. Empregado desde o princípio da administração do ex-presidente Andrés Sanchez, o gerente financeiro Marcos Chiarastelli foi demitido nesta semana com quase nove anos de cargo. 

"Não houve nenhum fato, são coisas de uma empresa. Toda história tem começo, meio e fim", explicou Marcos. 

De acordo com o diretor financeiro Emerson Piovesan, a mudança se deveu a uma "reestruturação" e não se tratou de corte de despesas no Corinthians. Ele explicou que um novo gerente já foi contratado. 

Elogiado por dirigentes e conselheiros, Marcos era quem cuidava, de fato, do dia a dia do departamento financeiro do Corinthians. Antes de Piovesan, ele trabalhou com o diretor financeiro Raul Corrêa da Silva durante os mandatos de Sanchez e também Mário Gobbi. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos