Cristiano Ronaldo deixa final da Eurocopa chorando após 25 minutos em campo

Do UOL, em São Paulo

O atacante Cristiano Ronaldo deixou a final da Eurocopa contra a França chorando aos 25 minutos do primeiro tempo depois de tentar jogar no sacrifício. Já na prorrogação, ficou à beira do campo e caiu em lágrimas mais uma vez com o gol decisivo de Éder e com o apito final que deu o primeiro título da história de Portugal no torneio.

Logo aos 7 minutos de jogo, Cristiano Ronaldo sofreu uma pancada em disputa com Payet e caiu no chão. Após deixar o campo e ser atendido, o jogador voltou a campo. Sentindo muitas dores no joelho esquerdo e mancando, ele não aguentou e caiu novamente aos 17 minutos, pedindo atendimento médico.

Voltou com uma atadura no local, mas não suportou a dor. Deixou o campo chorando aos 25 minutos, de maca e sob aplausos dos torcedores franceses. Quaresma entrou em seu lugar.

Depois do atendimento, Cristiano Ronaldo reapareceu durante a prorrogação incentivando os companheiros à beira do campo. O gol de Éder fez o português mais uma vez cair no choro. Ao fim do jogo, muita festa e disposição de sobra para levantar a primeira Eurocopa para Portugal.

Repercussão

A saída precoce de Cristiano Ronaldo teve uma rápida repercussão nas redes sociais. Seu companheiro de Real Madrid Gareth Bale escreveu uma mensagem dizendo estar triste pelo ocorrido. "Terrível ver Cris saindo de campo deste jeito. Espero que não seja nada muito ruim", escreveu no Twitter. O País de Gales de Bale foi derrotado por Portugal na semifinal da Eurocopa.

Outro companheiro de Cristiano Ronaldo no Real Madrid, o lateral brasileiro Marcelo também lamentou:

A mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, disse que a imagem foi muito dolorosa para ela.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos