Insatisfeitos com a CBF, clubes peitam Del Nero e exigem mais poder

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

  • Xinhua/Rahel Patrasso

Insatisfeitos com o acesso às decisões da CBF, 32 clubes se reuniram nesta segunda-feira (11), em São Paulo, para cobrar mais poder nas assembleias da entidade.

Convidados por Gilvan Tavares, presidente do Cruzeiro, os representantes dos times definiram que irão à sede da entidade na próxima segunda-feira para oficializar o pedido ao presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, por um assento nas assembleias.

Entre os clubes mais tradicionais, apenas Vasco e Botafogo não enviaram representantes. Outros como Bragantino, Vila Nova e Oeste também não participaram do encontro.

Atualmente, os clubes só são convidados para a votação de diretoria, mas são excluídos de outras decisões, como formatação do calendário e mudanças de regulamento, por exemplo.

"Nós vamos à CBF na próxima semana para cobrar que a lei seja cumprida. Desde a aprovação da Profut, nós temos direito por lei de ter um assento nas assembleias e não somos convocados. Não é rebeldia, não é briga, é pedido para a lei ser cumprida. Lei é lei", afirmou Gilvan.

"As federações existem por nossa causa. E a gente precisa ser ouvido", completou.

Em um primeiro momento, ficou afastada a hipótese de formar uma Associação de Clubes. A ideia, por enquanto, é apenas pressionar a CBF.

Nem todos os presentes ficaram satisfeitos com o conteúdo do encontro, mas tratam isso como o primeiro passo para uma mudança.

Relator da Lei do Profut, o deputado Otávio Leite (PSDB-RJ), já afirmou que os clubes poderiam até processar a CBF para que a lei seja cumprida. Gilvan descarta a ação neste momento.

Mais cedo, os clubes integrantes da Primeira Liga se reuniram no mesmo local para definir a tabela da competição em 2017.

No próximo dia 19 de julho, os 12 principais clubes do país irão a Montevidéu, no Uruguai, para oficializarem o lançamento da Liga Sul-Americana de Clubes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos