Inter é recebido no RS com protesto da torcida: "Time sem vergonha"

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

O Internacional voltou para casa sob protesto. Na tarde desta segunda-feira (11), um grupo de 40 torcedores recebeu a delegação, no aeroporto Salgado Filho, com xingamentos por conta da fase no Campeonato Brasileiro.

Sem vencer há seis rodadas, o time perdeu a quarta consecutiva no domingo, em Recife. Com o revés diante do Santa Cruz, Argel Fucks foi demitido. 

O principal alvo foi Vitorio Piffero, presidente do clube, que está em São Paulo participando de reunião com outros clubes brasileiros. Eduardo Sasha, Vitinho e Anderson foram os jogadores xingados.

"Ei, Piffero! Vai tomar no c...", gritaram. "Vitorio Piffero, vai se f... O Colorado não precisa de você", completaram depois. 

A presença dos torcedores fez o Inter deslocar o ônibus para área reserva e desembarcar sem contato com o púbico. Inicialmente a delegação passaria pelo saguão do Terminal 2 do aeroporto.

"Não adianta se esconder, filho da p...", berrou um dos protestantes. "Vergonha! Time sem vergonha", cantaram ao ver o elenco embarcando no ônibus. Na saída do coletivo, um trio abriu a janela da porta de acesso e agrediu um dos seguranças do clube. "Uh, mercenário! Uh, mercenário", dispararam.

Dono de 20 pontos no Campeonato Brasileiro, o Inter se mobiliza fora de campo para encontrar um novo treinador. Mano Menezes, ex-Shandong Luneng-CHI, é o nome mais forte do momento para o cargo.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos