Inter confirma Falcão como novo técnico. Contrato vai até julho de 2017

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Vipcomm

    Tricampeão brasileiro pelo Inter, Falcão treinará clube pela terceira vez

    Tricampeão brasileiro pelo Inter, Falcão treinará clube pela terceira vez

O Internacional confirma: Paulo Roberto Falcão, 62 anos, é o substituto de Argel Fucks, demitido no último domingo. O acerto com o treinador ocorreu na noite desta terça-feira (12), em um restaurante de Porto Alegre.

A apresentação dele será nesta quarta-feira, às 14h (Brasília), no vestiário do Beira-Rio. O contrato tem validade até julho de 2017.

"Foi tudo muito rápido, o presidente me ligou lá pelas 17h e marcamos a reunião para às 20h. Foi tudo rápido. Mas fico muito feliz pelo convite, por voltar ao clube onde me criei. E a expectativa é fazer um bom trabalho, botar o Internacional onde ele merece", disse Falcão à Rádio Gaúcha.

Conforme mostrou o UOL Esporte, Falcão foi a opção encontrada após Abel Braga e Mano Menezes descartarem abrir negociações com o Colorado. O ex-comentarista da TV Globo se reuniu com os dirigentes em um restaurante da zona norte de Porto Alegre.

"Não sei se fui primeira, segunda ou terceira. Quando existe uma busca por um treinador, todo mundo chuta. Eu já trabalhei na imprensa, se fala em oito ou nove nomes. Sei como é, se tem várias horas para cobrir. Não sei se fui a terceira opção, mas isso não importa. O que importa é ser o último, o escolhido", comentou.

Com o acordo, o 'Rei de Roma' treinará o Inter pela terceira vez. A primeira passagem foi em 1993 e a mais recente em 2011. Campeão estadual daquele ano, foi dispensado após cair nas oitavas de final da Copa Libertadores e série de derrotas no Brasileirão.

Depois de trabalhar no Beira-Rio, durante 99 dias, Paulo Roberto Falcão treinou Bahia e Sport. Mesmo após boa campanha no Campeonato Brasileiro de 2015, ele acabou demitido do time pernambucano em abril.

O tempo de contrato de Falcão com o Inter foi um dos temas abordados no encontro desta noite. A ideia do clube era firmar acordo até o final da temporada, mas a pedido do ídolo aceitou vínculo maior. A explicação para o desejo da cúpula: o fim do mandato da atual gestão e eleição presidencial em dezembro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos