Inter não consegue avanço com Mano e busca nova opção no mercado

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Matsukawa / UOL

A tentativa do Internacional por Mano Menezes não prosperou. Depois de escolher o nome do ex-treinador do Shandong Luneng-CHI, o clube gaúcho encontrou resistência e sequer abriu negociações. Agora, a meta é encontrar outro nome no mercado e sem descartar ninguém.

Mano e Inter sequer tiveram uma rodada de negociações. Debatendo salários e itens do gênero, como tempo de contrato.

A explicação para a posição certamente está ligada ao episódio onde Vitorio Piffero, presidente do clube gaúcho, declarou que o treinador não tinha perfil para trabalhar no Beira-Rio. Meses depois, Mano também se posicionou e descartou acordo com a atual diretoria.

Com o 'não' de Mano Menezes, o Internacional passou a buscar alternativas. Sem dar prazo para conclusão das tratativas e anúncio oficial. Deixando quase por terra o plano original do novo treinador estrear diante do Palmeiras, domingo, em Porto Alegre.

Sem descartar

O processo de contratação vivido em 2014, que gerou atrito com Mano e Abel Braga, é a razão para o Inter não se permitir mais descartar nomes. É por esta nova postura, por exemplo, que boa parte da cúpula se mantém em silêncio sobre nomes à disposição.

Ainda no domingo à noite, em reunião realizada em Recife, o Inter decidiu que não iria investir em Vanderlei Luxemburgo. O nome dele apareceu na primeira lista de opções, ao lado de Mano e Abel Braga, mas foi riscado antes do embarque para Porto Alegre. Contudo, é a única alternativa livre no mercado que atende as premissas de experiência e com status para dar tranquilidade e confiança - nas palavras da diretoria - ao elenco.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos