Tite promete 'convocações por merecimento' e cita atletas do Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Comandante Tite deixou claro que as convocações para a Seleção serão por merecimento

    Comandante Tite deixou claro que as convocações para a Seleção serão por merecimento

A metodologia implantada por Tite na Seleção Brasileira pode dar novos ânimos aos jogadores do Cruzeiro. Na última segunda-feira, o treinador esteve no Mineirão para acompanhar a partida entre Cruzeiro e Atlético-PR, que terminou com o triunfo paranaense por 3 a 0. No intervalo do jogo, o comandante concedeu uma entrevista coletiva e comentou sobre vários assuntos, dentre eles o critério para suas futuras convocações, que será o merecimento de cada atleta no momento.

Sinal verde para o goleiro Fábio, ausente há muito tempo na Seleção, mas que é sempre questionado entre os principais jogadores do país. Além do camisa 1 de 35 anos, Tite ainda citou os volantes Henrique, de 31 anos, e Otávio, do Atlético-PR, de 22.

"Não vou avaliar quem é melhor, vou avaliar o momento melhor de cada um. Pode ser o momento melhor de um atleta que não tenha um status maior, mas que o seu momento é importante, tanto no aspecto técnico quanto no aspecto físico. Meu papel é um pouco de técnico, mas muito mais de selecionador", disse o treinador.

"Serão observados todos os jogadores por mim e por minha equipe, independentemente da idade. Tem o Otávio, surgindo no Atlético-PR, assim como o Fábio e o Henrique, que têm qualidade comprovada. Todos estarão sob minha tutela e serão observados", completou.

Nesta temporada, o futebol do volante Henrique começou em baixa com o técnico Deivid, mas voltou a crescer desde a chegada de Paulo Bento. Hoje o jogador é um dos principais responsáveis pela boa saída de bola do time, e sua saída da equipe já refletiu dificuldade dos companheiros em fazer a transição da defesa para o ataque. Pela Seleção, o volante só foi chamado em uma ocasião, para um amistoso na temporada de 2011.

Já o goleiro Fábio frequentou as divisões de base do Brasil, mas também teve poucas oportunidades na Seleção principal. Apesar de um título da Copa América no currículo, o arqueiro foi convocado pela última vez em 2011, mas nunca recebeu uma chance dentro das quatro linhas.

"Será por merecimento (a convocação). É uma ideia que trago. Minha ideia é de acompanhamento de todos os atletas, não só por vídeos, mas in loco também. Procuro estar presente porque a atmosfera é diferente, o jogo é diferente no clima e na emoção", finalizou Tite.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos