Jornal revela luta do técnico do Uruguai contra doença e teme por saída

Do UOL, em São Paulo

  • Andres Stapff/Reuters

    Técnico Óscar Tábarez, do Uruguai, durante a Copa América

    Técnico Óscar Tábarez, do Uruguai, durante a Copa América

O jornal uruguaio "El Pais", por meio de seu site esportivo "Ovacion Digital", publicou nesta semana que o técnico da seleção do país, Óscar Tábarez, luta contra a síndrome de Guillain-Barré, doença que pode até abreviar a sua carreira.   

A publicação conta que Tábarez pede privacidade e não vai comentar sobre a sua saúde, mas que a evolução da doença já começa a preocupar. Na última Copa América, o treinador de 69 anos precisou de um carrinho elétrico e bengalas para trabalhar nas atividades da seleção.

"O estado da minha saúde pertence a minha privacidade. Estou aqui trabalhando e falando como vocês. Que não comecem a criar nenhuma grande história, isso é o que eu desejaria", disse em maio o técnico quando questionado sobre a sua saúde. Ele recentemente também passou por cirurgias na coluna.

O "Ovacion Digital" conta que Tabárez se trata com "um seleto grupo de médicos", mas o silêncio do técnico e da federação uruguaia sobre o assunto causa apreensão sobre uma possível despedida da seleção. O Uruguai volta a jogar pelas Eliminatórias em setembro, contra Argentina e Paraguai.

A síndrome de Guillain-Barré é frequentemente associada como uma doença autoimune que afeta o sistema nervoso, provocando fraqueza muscular e paralisia. A síndrome também é associada como uma resposta do corpo a infecções e recentemente ganhou destaque por ser detectada em pacientes com o vírus Zika.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos