Kannemann pressiona agente e Atlas para jogar no Grêmio

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Victor R. Caivano/AP Photo

    Walter Kannemann, ex-San Lorenzo, pressiona para jogar no Grêmio

    Walter Kannemann, ex-San Lorenzo, pressiona para jogar no Grêmio

Partiu do zagueiro Walter Kannemann a retomada nas negociações com o Grêmio. O jogador entrou pessoalmente em contato com o clube dizendo que aceitava o contrato proposto que havia sido alterado por seu empresário, Martin Wainbuch. Ele mesmo entrou em contato com o Altas, clube que detém seus direitos e que também havia alterado a pedida. 

Os mexicanos tinham modificado a pedida de 1,2 milhão de dólares (R$ 3,9 milhões). Queriam, inicialmente, um amistoso com o Grêmio para completar o valor. Toda renda do jogo seria da equipe que veste vermelho e preto. O Tricolor argumentou que não teria como jogar porque o calendário impediria viagem longa ou mesmo recebê-los em Porto Alegre. Sendo assim, o Atlas pediu 1,5 milhão (R$ 4,9 milhões). 
 
Já o problema na alteração contratual proposta pelo agente de Kannemann é a flutuação do dólar. Martin Wainbuch queria salários, luvas e honorários sem fixação de câmbio. Sendo assim, se o dólar disparasse, os vencimentos a serem pagos subiriam também. O Grêmio, por sua vez, só aceita negociar se o câmbio for fixado no dia da assinatura. Assim saberá qual o tamanho do argentino em sua folha mensal. 
 
"Eu não gosto de comprar um carro duas vezes. Se vou na concessionária e acerto um preço, este é o preço do carro. Se vou uma segunda vez, não pode ter mudado. É esta a relação do negócio com Kannemann. Se firmamos anteriormente, é o que temos como negócio", disse o vice de futebol gremista, Alberto Guerra, ao UOL Esporte. 
 
O Tricolor dava o negócio como fechado até o agente do jogador e o clube mexicano indicarem alterações. "Tínhamos até trocado minutas de contrato", contou o presidente Romildo Bolzan Júnior. E ensaiou desistência a partir disso. 
 
Mas na noite de terça-feira, o jogador tratou de ligar para o advogado gremista Gabriel Vieira e disse que aceitava o proposto e que o Atlas - a pedido dele - também estava em acordo. Portanto, novos documentos, agora assinados, são aguardados para esta quarta até o fim do dia. 
 

Em paralelo, Grêmio tem alternativas

O Grêmio, enquanto isso, já negocia com outros zagueiros. Está cansado de esperar as idas e vindas da negociação com o ex-jogador do San Lorenzo, campeão da Libertadores em 2014. 
 
"Eu já tenho outras opções, negocio com outros zagueiros. Mas vou esperar hoje (quarta-feira). Até porque a janela de transferências está perto de se fechar", explicou o vice gremista citando o período de transações que encerra-se no dia 19. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos