L. Lima sonha com ajuda de Neymar para jogar no Barça e espera proposta

Samir Carvalho

Do UOL, em santos (SP)

  • Rubens Cavallari/Folhapress

    O meia Lucas Lima faz mistério em relação ao seu futuro no Santos

    O meia Lucas Lima faz mistério em relação ao seu futuro no Santos

O meia Lucas Lima alega que não pede para o atacante Neymar ajudá-lo a se transferir para o Barcelona, da Espanha, um de seus sonhos na carreira. No entanto, o camisa 20 deixou a cargo do camisa 11 do Barça a indicação para que ele atue no time catalão. Os dois estreitaram relacionamentos e estiveram juntos na semana passada em eventos e passeios.

"Eu estive com ele. Não vou pedir não (ajuda para jogar no Barça), mas se ele quiser... Deixa para ele. Vou dar bastante passe", afirmou Lucas Lima após o clássico contra o Palmeiras.

Lucas Lima voltou a dizer que pretende jogar em 'clube de ponta' na Europa e, por isso, não avançou em negociações com Zenit, da Rússia, e clubes chineses. O meia espera que ainda apareça alguma proposta do exterior nesta semana para o Santos.

"Eu penso em jogar em um centro com mais visibilidade da Europa, esse é meu desejo. Vamos ver a propostas. Nunca podemos dizer não. Meu desejo é jogar em clube grande. Estou tranquilo. Resolvi permanecer e hoje fiz a escolha certa (em 2015). Vamos ver se essa semana chega alguma coisa para o Santos", disse o meia.

Já entrevista coletiva nesta quarta-feira, Lucas Lima foi mais ponderado. Apenas disse que não foi chamado para negociar uma possível renovação com o Santos e que tem focado nos jogos da equipe santista, mesmo sabendo que 'alguém' pode estar de olho em seu futebol.

"Não chamaram (renovação). É um pouco difícil, mas eu particularmente deixo isso de lado. Não tenho pensado nisso. Tenho procurado mostrar o meu valor a cada jogo. Sei que esses jogos são importantes, sempre tem alguém vendo. Vou tentar focar o máximo aqui no Santos, viver cada momento, cada jogo", disse.

Santos será obrigado a comprar meia caso não venda até o fim do ano

O Santos deverá ser obrigado a comprar os 80% dos direitos econômicos do meia Lucas Lima, que pertencem a Doyen Sports, caso não negocie o jogador até 31 de dezembro de 2016. Na prática, se a Doyen assim exigir a partir de janeiro, o Santos terá que desembolsar mais de R$ 7,3 milhões. Esse montante já está com os valores corrigidos em cima dos R$ 5,5 milhões pagos pela Doyen em 2014 para adquirir os 80% dos direitos econômicos do meia (o contrato prevê que o clube tem que pagar 10% de juros ao ano). Porém, caso o Santos negocie o jogador em 2017, o clube terá que pagar outra quantia para a Doyen. Nesse caso, a Doyen ainda levará 80% do total da venda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos