Atletas do São Paulo culpam juiz por eliminação e pedem foco no Corinthians

Do UOL, em São Paulo

  • LUIS ACOSTA/AFP

    Wesley disse que São Paulo poderia ter ido melhor se juiz tivesse apitado corretamente

    Wesley disse que São Paulo poderia ter ido melhor se juiz tivesse apitado corretamente

A equipe do São Paulo desembarcou no aeroporto de Guarulhos nesta quinta-feira (14) após ser eliminada da Libertadores da América pelo Atlético Nacional.

Durante a passagem pela zona mista, o meio-campista Wesley conversou com a imprensa para avaliar o desempenho da equipe na Colômbia. Na opinião do atleta, os erros de arbitragem foram decisivos para a eliminação do São Paulo, mesmo a equipe paulista tendo dado apenas dois chutes contra a meta de Armani.

"Muitas coisas serão colocadas em pauta. Você citou dois chutes, mas dependendo da situação, se tivesse a conversão do pênalti no Hudson, seria um jogo diferente. Isso vai minando, que sirva de aprendizado que daremos muito trabalho ainda", minimizou o atleta, que também ignorou as críticas sofridas na partida realizada no Morumbi.

Já Alan Kardec pediu que a equipe mantenha a cabeça no lugar e tente se reerguer para o clássico contra o Corinthians, que será realizado no próximo domingo (17), na Arena Corinthians.

"Com sinceridade, agora não adianta parar para pensar, já passou. Ficaram muito nítidas as coisas que aconteceram. É difícil ter jogadores a menos nas duas partidas e tentar lutar por algo. Foi difícil, se em determinado momento acontecem outras marcações, resultado poderia ter sido outro. Mas agora é cabeça erguida e em frente em busca de novos objetivos. Agora é outra história, temos o clássico contra uma equipe que está no G4, com bons jogadores e diante de sua torcida. Vamos analisar bem e ver como fazer um bom jogo no domingo", concluiu Kardec.

Michel Bastos criticou não apenas a atuação do juiz no duelo disputado na colômbia, mas também reprovou o rendimento da arbitragem no primeiro encontro contra o Atletico Nacional, no Morumbi. Ele considerou exagerada a expulsão de Maicon. 

"Perder um jogador importante [Maicon, no primeiro jogo]. Jogar com um a menos, com jogo de volta precisando do resultado. Se tivesse marcado pênalti no Hudson, pela regra é expulsão. Isso poderia nos facilitar muito mais". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos