Cuca tem dois pedidos de reforços a uma semana do fim da janela

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Cuca quer um atacante de característica parecida a de Gabriel Jesus

    Cuca quer um atacante de característica parecida a de Gabriel Jesus

O rendimento abaixo no esperado durante a segunda etapa contra o Santos acendeu um sinal de alerta sobre Cuca. Sem nomes como Moisés (lesionado), Gabriel Jesus e Róger Guedes (suspensos), a equipe caiu de rendimento e ficou no empate por 1 a 1 no Allianz Parque. Ainda na entrevista coletiva, o treinador pediu reforços, e o perfil destes nomes está bem definido.

Segundo apurou o UOL Esporte com pessoas ligadas ao clube alviverde, Cuca quer um meio-campista e um atacante para, enfim, fechar o elenco para a disputa do Campeonato Brasileiro. A chegada de novos nomes respinga em uma necessidade de elenco, na avaliação do treinador do atual líder da competição.

As principais cobranças por reforços ocorrem por dois motivos: a ida de Gabriel Jesus para os Jogos Olímpicos do Rio - e a possível (mas improvável) saída do atleta nesta janela de meio do ano -, além da suspensão por doping de Alecsandro, que ainda aguarda julgamento para saber por quanto tempo permanecerá suspenso (não há data para a sessão).

O meia esperado por Cuca possui características mais ofensivas. Atualmente, o treinador conta apenas com Cleiton Xavier e o jovem Vitinho, revelação da categoria de base e ainda pouco utilizado entre os profissionais. Allione, Tchê Tchê e Moisés, que podem atuar no setor central próximo ao ataque, possuem características melhores em outras funções.

O atacante desejado por Cuca é raro no mercado nacional. O treinador espera por alguém capaz de se aproximar das características apresentadas por Gabriel Jesus - presença de área, velocidade e versatilidade ofensiva.

Os outros atacantes centralizados do elenco disponíveis (Leandro Pereira e Lucas Barrios) são mais preparados para prender a bola e apresentarem-se com uma menor mobilidade dentro do campo.

Os nomes são tratados com sigilo pela diretoria palmeirense, que terá pouco tempo para cumprir com o desejo do treinador. A janela de transferências para o mercado brasileiro tem o encerramento marcado para o dia 19 de julho.

Ou seja, a partir desta quinta-feira, Alexandre Mattos, que se encontra na Espanha nesta semana, e companhia terão apenas cinco dias para reforçar o elenco, ainda afastado de um ideal planejado pelo técnico líder do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos