Presidente da Lazio ironiza e revela supostos "pedidos exóticos" de Bielsa

Do UOL, em São Paulo

  • AP Photo/Claude Paris

Presidente da Lazio, Claudio Lotito ironizou o treinador "El Loco" Bielsa, em entrevista dada à imprensa italiana nesta quinta-feira (14), logo depois de episódio esquisito envolvendo as duas partes: o argentino foi contratado como comandante do clube de Roma, mas abandonou o posto antes mesmo de assumir o elenco. 

"Bielsa é 'louco'", brincou Lotito com o apelido do novo desafeto, "mas eu sou mais louco do que ele", disse. O mandatário promete que acionará o argentino na justiça, a fim de cobrar suposta multa de até 50 milhões de euros prevista no acordo. "Ele vive sem limites, mas aqui existem regras. Tenho todos os documentos".

O presidente da Lazio ainda revelou supostos pedidos exóticos de Bielsa, os quais teria cumprido para assinar contrato e fazer a vontade dos torcedores - a preferência de Lotito para o cargo era Simone Inzaghi, ex-jogador do clube. 

"Não vou dar valores, mas havia um monte de cláusulas. Ele queria o salário em dólares, e as variações cambiais seriam corrigidas por nós. Também deveríamos arcar com os impostos cobrados na Itália. E deveríamos dar-lhe várias passagens aéreas de primeira classe para Argentina, para cinco pessoas, ao longo da temporada. Tem mais: cinco telefones celulares, para toda a sua equipe técnica". 

Segundo Lotito, Bielsa dizia que precisava ligar de duas a três vezes por dia para a Argentina, e por isso o plano do seu celular deveria ser ilimitado. "Também pediu um hotel cinco estrelas para morar em Roma", acrescentou. 

"Dizem que 'El Loco Bielsa' tem valores. Eu sei bem quais são esses valores...", encerrou o presidente da Lazio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos