Calleri recebe propostas de 3 europeus e encaminha acordo com West Ham

Guilherme Palenzuela

Do UOL, em São Paulo

O atacante argentino Jonathan Calleri, 22, tem encaminhado um acordo para defender o West Ham, da Inglaterra, na temporada 2016-17. Segundo apurou o UOL Esporte, Calleri recebeu propostas da Internazionale de Milão, da Itália, e do Sevilla, da Espanha, mas por diferentes motivos viu a negociação avançar mais com o clube inglês, que já tem um acordo com o estafe do jogador e com os empresários que representam o Deportivo Maldonado, do Uruguai, clube no qual o argentino está registrado. 
 
Caso não ocorra nenhuma reviravolta na negociação, Calleri deverá firmar acordo com o West Ham nos próximos dias. As conversas com o clube inglês avançaram pelo que foi oferecido em termos de valores a quem detém seus direitos econômicos e ao próprio atleta.
 
Pessoas próximas ao atacante afirmam que num primeiro momento ele manifestou preferência pela transferência ao Sevilla. No clube espanhol, seria comandado pelo compatriota Jorge Sampaoli, que bem o conhece, e teria a companhia de Paulo Henrique Ganso, novo reforço. Para ele, a adaptação também seria a mais fácil dentre os três cenários possíveis. 
 
As cifras do West Ham, porém, falaram mais alto na negociação. O clube que foi sexto colocado na última Premier League hoje consegue investir pesado no mercado e deixa pra trás de forma considerável o que foi apresentado pela Inter de Milão. 
 
Caso concretize a transferência para a Inglaterra, Calleri trilhará caminho semelhante ao de Carlos Tévez, a quem ele tem como ídolo e de quem foi companheiro em 2015 no Boca Juniors. No início da carreira, Tévez deixou o Boca, passou pelo Brasil no Corinthians e foi à Europa ao se transferir para o West Ham. 
 
Na última temporada o West Ham chegou a despontar como um dos destaques da Premier League sob o protagonismo do meia francês Dimitri Payet, recentemente eleito um dos melhores jogadores da Eurocopa de 2016, disputada em seu país natal. 
 
O São Paulo não tem participação sobre qualquer valor na negociação de Calleri pois tinha apenas contrato de empréstimo com o argentino. No início do ano, o Deportivo Maldonado, do Uruguai, comprou os direitos econômicos do atacante do Boca Juniors e o emprestou ao São Paulo, uma vez que a falta de passaporte europeu impediu a ida dele à Inter de Milão, velha interessada. 
 
Calleri se apresenta nesta segunda-feira ao grupo da seleção argentina que disputará a Olimpíada e que começou a treinar já na semana passada. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos