Chelsea recusa proposta de R$ 215 mi do Atlético de Madri por Diego Costa

Do UOL, em São Paulo

  • Clive Brunskill/Getty Images

    Diego Costa quer deixar o Chelsea, mas clube não pretende libera-lo

    Diego Costa quer deixar o Chelsea, mas clube não pretende libera-lo

A chegada do técnico Antonio Conte ao Chelsea agradou aos torcedores e atletas do elenco, que gostaram da maneira de trabalhar do italiano. Entretanto, o novo técnico está desagradando especialmente uma pessoa: o atacante Diego Costa.

Após declarar aos dirigentes ingleses que gostaria de deixar o clube rumo ao Atlético de Madri, o atleta está vendo a situação ser dificultada pelo treinador, que não quer abrir mão de seus serviços. Segundo o jornal espanhol "Marca", o Chelsea recusou uma proposta de 60 milhões de euros por Diego Costa (R$ 215 milhões) e não pretende aceitar nenhuma oferta pelo atacante.

Nesta terça-feira (19), o presidente do Atlético de Madri, Enrique Cerezo, confirmou que o clube está conversando com o Chelsea para tentar contratar o atacante, mas a situação está complicada. Para repatriar Costa, os Colchoneros estão oferecendo 20 milhões de euros a mais (R$ 71 milhões) do que receberam do Chelsea quando o venderam.

"Confesso que gostamos muito do Diego Costa. Conversamos com o jogador e estamos trabalhando para que regresse a Madri. Não posso falar mais do que isso", declarou o mandatário, em entrevista ao jornal espanhol "Mundo Deportivo".

Ainda segundo o jornal "Marca", Antonio Conte está confiante em recuperar o futebol apresentado pelo atacante em sua primeira temporada pelo clube, quando foi um dos destaques da equipe. O italiano quer um atacante de ponta para liderar seu projeto no clube inglês e acredita que Diego Costa é o nome certo para isso.

Presidente do Atlético descarta contratação de Higuaín

Se a possibilidade de contratar Diego Costa parece remota, uma possível chega de Higuaín é impossível. Pelo menos foi isso que garantiu o presidente do Atlético, Enrique Cerezo, que também descartou a contratação do atacante Carlos Bacca.

"Bacca é um grande jogador, mas não vamos contrata-lo. Não vamos fechar com nenhum atacante da série A. O mesmo vale para Higuaín e todos os nomes que saíram. Icardi não está na nossa agenda, não vamos negociar por ele", afirmou o dirigente, em entrevista ao jornal italiano "Gazzetta Dello Sport".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos