Grêmio promete 'analisar com carinho' sondagem por Giuliano

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Giuliano é alvo do Zenit, da Rússia, e pode deixar o Grêmio nesta janela

    Giuliano é alvo do Zenit, da Rússia, e pode deixar o Grêmio nesta janela

O Grêmio recebeu uma sondagem pelo meia Giuliano. O Zenit, da Rússia, está disposto a pagar 7 milhões de euros (R$ 25,2 milhões) pelo jogador. E quando tal oferta for apresentada de forma oficial, o clube gaúcho promete 'analisar com carinho'. 

"Foi mais uma das sondagens que temos por vários jogadores. Mas não há proposta concreta. Quando chegar, vamos analisar com carinho e se for de negociarmos, vamos pensar", disse o vice de futebol do clube, Alberto Guerra. 
 
A reportagem do UOL Esporte havia informado pela manhã que os russos procuraram o Grêmio por indicação do técnico Mircea Lucescu. O romeno conheceu Giuliano quando comandava o Shakhtar Donetsk e o armador atuava no Dnipro, ambos da Ucrânia. 
 
"A sondagem é verdadeira. Mas ainda não recebemos proposta oficial", confirmou Guerra. 
 
Titular do time tricolor, Giuliano é considerado valioso pelo poder de marcação e controle de bola. Equilibra o meio-campo de Roger Machado, que tem no lado oposto um jogador muito ofensivo: Everton. De qualquer forma, o Grêmio trata todo elenco como 'negociável' e não descarta a saída. 
 
Com 26 anos, Giuliano chegou ao Grêmio em 2014 e sofreu no primeiro ano com repetidas lesões. Acabou passando por uma cirurgia no púbis em 2015 e só então tornou-se protagonista no time. Seu vínculo com o Tricolor vai até julho de 2018. 
 

Caso Bolaños é encerrado

A direção do Grêmio aproveitou e colocou uma pedra sobre o assunto Miller Bolaños. Liberado na última semana para resolver assuntos particulares, o equatoriano gerou desconforto no clube. O Tricolor temia a aproximação de equipes da Europa. Mas após a justificativa apresentada, o clube não trata mais do tema. Tanto que Bolaños já trabalha normalmente com o grupo. 
 
"O que aconteceu foi um problema pessoal, dele, não do Grêmio. Não entraremos neste mérito, mas está superado. Conversamos e entendemos o problema", finalizou Guerra. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos