Presidente do Sport pede retratação à Globo por declarações preconceituosas

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação

    João Humberto Martorelli, presidente do Sport desde dezembro de 2014

    João Humberto Martorelli, presidente do Sport desde dezembro de 2014

O presidente do Sport, João Humberto Martorelli, entrou em contato com a Rede Globo para cobrar uma retratação da emissora por conta das declarações – segundo o dirigente, de teor preconceituoso – feitas pelo jornalista e escritor gaúcho Eduardo Bueno, conhecido como "Peninha".

As declarações a que Martorelli se refere foram dadas durante o programa Extraordinários, do Canal Sportv. Peninha falava sobre a presença holandesa no Nordeste brasileiro no século 17 quando soltou a seguinte frase polêmica.

"A Holanda juntou o útil de ocupar a área açucareira do Brasil, porque todo o açúcar era refinado na área rica do Brasil – aquela bosta lá do Nordeste", disse. "Isso é uma piada", falou, na sequência.

O comentário gerou revolta em alguns telespectadores, que chegaram a abrir uma petição pública pedindo processo criminal contra Eduardo Bueno por discriminação. O jornalista também foi muito criticado nas redes sociais e, dias depois, desabafou sobre o assunto.

Segundo a nota divulgada pelo Sport, 'o discurso do apresentador não apenas denigre a imagem do Sport Club do Recife, mas também a de todo o Nordeste'.

O clube pernambucano frisa ainda que "xenofobia é crime segundo a lei nº 7.716, em seu artigo 1º, que diz que 'Serão punidos, na forma desta Lei, os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional'".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos