Alan Kardec admite que esperava jogar mais no SP, mas não questiona reserva

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

Depois de se despedir do São Paulo para jogar no Chongqing Lifan, da China, o atacante Alan Kardec admitiu nesta quarta-feira, em entrevista ao "Sportv", que tinha expectativa de jogar mais no primeiro semestre de 2016. Porém, o jogador não questionou a titularidade de Calleri no período.

"A expectativa era de jogar com maior frequência. Na verdade, o Calleri pegou um bom semestre, aproveitou as oportunidades e natural que tivesse uma sequência. Mas faz parte do passado. (Para deixar o clube) Pensei somente no eu e na oportunidade que era boa para todas as partes. Será uma cultura nova, uma experiência nova. Quero aprender na China", disse.

Alan Kardec ainda fez um balanço sobre a sua passagem pelo São Paulo. Enfrentando uma lesão que o afastou de grande parte da temporada de 2015, ele disse que algumas coisas não saíram com esperado, mas deixa o clube com o saldo positivo.

"Não digo insatisfação, já que sempre procurei fazer o meu melhor em campo. Infelizmente algumas coisas não aconteceram da forma que eu gostaria. Sei que eu lutei, trabalhei, respeitei os companheiros e tentei fazer o melhor", disse.

"Se pegar o saldo deste tempo no São Paulo muitas coisas positivas aconteceram. Passei pelo momento mais difícil da carreira (lesão), mas tive pessoas que me ajudaram. Só levo as coisas boas, deixo os agradecimentos a todos do São Paulo e vida que continua", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos