Grêmio dá assunto por encerrado e quer Bolaños tranquilo para domingo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Marinho Saldanha/UOL

    Miller Bolaños (esquerda) durante treinamento do Grêmio

    Miller Bolaños (esquerda) durante treinamento do Grêmio

Miller Bolaños será titular do Grêmio. O atacante equatoriano teve justificativa aceita pela direção do Tricolor após alegar problemas particulares e deixar o treinamento da última sexta-feira (15). Mesmo com status um pouco arranhado, o comando gremista quer deixá-lo tranquilo para o duelo contra o São Paulo. 

O tom utilizado por Bolaños ao informar aos dirigentes que não treinaria na sexta nem iria com a delegação ao Recife para enfrentar o Sport não foi o ideal. Entre frases trocadas por celular, 'The Killer' escreveu que "não faria tanta falta pois não é titular". Soou como reclamação. 
 
Tanto que após treinar no sábado, o jogador se desculpou. Mais do que isso, explicou a situação e teve justificativa aceita. O presidente Romildo Bolzan Júnior garante que não se trata da aproximação de clubes da Europa interessados em firmar a contratação dele. 
 
Enquanto isso, o vice de futebol Alberto Guerra fez questão de encerrar o tema em entrevista coletiva concedida após a apresentação de Walter Kannemann, na terça-feira. 
 
"O que aconteceu foi um problema pessoal, dele, não do Grêmio. Não entraremos neste mérito, mas está superado. Conversamos e entendemos o problema", disse. 
 
Ainda na terça, Bolaños trabalhou com os demais companheiros de time. Mostrou-se confortável no trabalho físico realizado. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos