United entra na briga e tenta 'derrubar' City com salário maior a Jesus

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Lucas Figueiredo/MoWa Press

    Manchester United agora corre atrás para contratar Gabriel Jesus

    Manchester United agora corre atrás para contratar Gabriel Jesus

O Manchester United entrou firme na briga para tentar garantir a contratação de Gabriel Jesus. Diante do rival City possuir um acordo encaminhado com o jogador de 19 anos, o clube vermelho da cidade inglesa sinaliza com uma proposta ainda maior para convencer a revelação a desembarcar em Old Trafford no ano que vem.

Segundo apurou o UOL Esporte com fontes próximas ao Palmeiras, a equipe de José Mourinho estuda enviar uma proposta de 35 milhões de euros ao clube de Palestra Itália; a informação foi publicada pelo jornal Lance! e confirmada pela reportagem. O Palmeiras possui uma oferta de 32 mi de euros do City na mesa, em um acordo já encaminhado.

Para ganhar a disputa por Gabriel Jesus, o Manchester United também sinaliza com uma proposta salarial maior do que a do rival da mesma cidade. A oferta do Manchester City de Josep Guardiola - vencimentos e o projeto em si apresentado - encantou o atacante palmeirense, agora disputado por dois dos principais treinadores do planeta.

Se Guardiola até ligou para Gabriel Jesus nas últimas semanas - sem a anuência do Palmeiras, conforme apurou a reportagem -, José Mourinho também será destinado a exercer o seu poder de persuasão para derrubar um acordo encaminhado do rival, segundo publicou o Lance!.

Conforme o publicado na manhã desta sexta-feira, a oferta apresentada pelo Manchester City inflacionou a negociação do Gabriel Jesus. O United se mostra agora como o quinto clube interessado no artilheiro do Campeonato Brasileiro.

Os estudos que indicam uma oferta de 35 milhões de euros por parte do United comprovam a neutralização da cláusula preferencial, que cedia um desconto a cinco gigantes do futebol europeu. Apesar de a multa do atleta ser orçada em 40 mi de euros, Barcelona, Real Madrid, Bayern de Munique, PSG e o próprio Manchester United rescindiriam o contrato de Jesus com 24 mi de euros.

Gabriel Jesus, ainda com um acordo encaminhado para iniciar a carreira europeia com a camisa do City, possui os direitos econômicos divididos entre o advogado Cristiano Simões (47,5%, inclui-se neste número a parte do jogador), Fábio Caran (22,5%) e Palmeiras (30%).

O contrato da joia palmeirense, que no momento se encontra com a seleção brasileira para a disputa dos Jogos Olímpicos, vale até dezembro de 2019.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos