CBF pede que são-paulino desista da Sérvia e aceite convocação do Brasil

Dassler Marques

Do UOL, em Teresópolis

  • Divulgação

    Lyanco é objeto de cobiça da seleção brasileira para as divisões de base

    Lyanco é objeto de cobiça da seleção brasileira para as divisões de base

A disputa entre Brasil e Sérvia pelo jovem zagueiro Lyanco pode terminar nesta semana. A CBF mantém contatos com o jogador e sua família para que ele deixe de defender a seleção europeia e aceite convocação brasileira. 

Em setembro, logo após a Olimpíada, o treinador Rogério Micale irá comandar jogadores nascidos em 1997 e 1998 em dois amistosos da seleção sub-19 contra a Inglaterra, ambos em território inglês. A ideia é contar com Lyanco nesses jogos. 

Neto de sérvios, Lyanco aceitou defender a seleção europeia em convocações recentes e precisa renunciar por meio de carta a ser apresentada à Fifa. Neste caso, ele passaria a ser elegível para defender o Brasil, seja na base ou no profissional. 

A ideia da CBF era contar com Lyanco já como sparring do time Sub-23 na Olimpíada, mas não houve liberação por parte do São Paulo. A entidade está otimista de que o zagueiro, uma das principais promessas do São Paulo na atualidade, aceite a convocação. O jogador é capixaba, nascido em Vitória. 

Os amistosos contra a Inglaterra servem como preparação para o Sul-Americano Sub-20 no início de 2017. Trata-se do primeiro torneio no ciclo olímpico até os Jogos de Tóquio, em 2020. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos