Sete jogadores impedem que Guardiola siga contratando no City. Entenda

Do UOL, em São Paulo

  • Xinhua/Wang Lili

    Guardiola não consegue fazer novas contratações para o Manchester City

    Guardiola não consegue fazer novas contratações para o Manchester City

O Manchester City está realizando uma verdadeira reformulação em seu elenco para a próxima temporada. Após anunciar a contratação de Pep Guardiola para liderar o projeto que visa a conquista da Liga dos Campeões, os Citizens estão apostando forte em contratações que possam levar a equipe ao topo do cenário europeu.

Até o momento, já chegaram ao clube inglês Gundogan, Nolito, Zinchenko e Aaron Mooy. Entretanto, o clube ainda negocia com outros atletas: Leroy Sané pode chegar ainda nesta janela de transferências, enquanto Gabriel Jesus pode ser contratado para integrar o elenco a partir de janeiro.

Contudo, segundo o jornal "As", Pep Guardiola gostaria de fazer novas contratações, mas sete jogadores impedem que o espanhol continue sua reformulação no plantel inglês. Com muitos atletas com contrato vigente, o técnico só poderá seguir com as contratações caso dispense alguns jogadores.

Atualmente, sete atletas possuem em seu contrato uma cláusula de fidelidade que lhes concederia um bônus significativo caso cumpram o acordo até o final: Jesus Navas, Yaya Touré, Willy Caballero, Fernandinho, Sagna, Zabaleta e Clichy.

De acordo com a publicação espanhola, estes atletas teriam pouco interesse em deixar o clube, uma vez que receberiam um valor significativo por cumprir o contrato até o fim e ainda poderiam cobrar valores astronômicos de luvas para assinar com uma nova equipe, uma vez que serão jogadores livres. A situação é semelhante a que Zlatan Ibrahimovic atravessou nos últimos dias. O atleta sueco esperou que seu contrato com o PSG acabasse para que ele recebesse um bônus, só depois anunciando seu acerto com o Manchester United.

Outro problema que afeta a reformulação do elenco é a limitação de atletas estrangeiros imposta pela Premier League. Pelo regulamento do Campeonato Inglês, os elencos só podem ter 17 jogadores estrangeiros acima de 21 anos. Atualmente, Guardiola conta com 18 atletas estrangeiros, o que o forçará a liberar ao menos um deles.

Dentre os jogadores citados, as situações de Navas, Touré e Zabaleta são indicadas como as mais fáceis de resolver. Os três teriam sondagens de diversas equipes do futebol europeu e poderiam deixar o clube a qualquer instante. Todavia, o marfinense é o atleta mais propenso a continuar no clube para receber o bônus ao final do contrato, uma vez  que já recusou propostas da Inter de Milão e do futebol chinês, mesmo ciente que terá poucas oportunidades com Guardiola.

Para driblar a restrição, o Manchester City aposta em jogadores que não se encaixem na regra da Premier League. É o caso do lateral direito espanhol Héctor Bellerín, do Arsenal. Como o atleta tem apenas 21 anos, ele não entraria na restrição. John Stones, promissor zagueiro inglês do Everton, também pode receber uma proposta nos próximos dias. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos