Bauza agita Mercado da Bola, mas SP esbarra em Atlético-MG e Palmeiras

José Edgar de Matos e Victor Martins

Do UOL, em Sâo Paulo e Belo Horizonte

  • Fotomontagem/Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação e Bruno Cantini/Atlético

    Os atacante Barrios (Palmeiras) e Pratto (Atlético-MG)

    Os atacante Barrios (Palmeiras) e Pratto (Atlético-MG)

O São Paulo está de olho em dois Lucas: Pratto e Barrios. Ao menos foi o que declarou publicamente o técnico argentino da equipe paulista, Edgardo Bauza. Mas o problema é que ainda falta justamente combinar e não esbarrar em dois rivais: Atlético-MG e Palmeiras.

"Venderam os goleadores que eu tinha, um deles era Calleri. Se não trouxerem substitutos, estaremos em situação complicada. Estamos vendo se podemos contratar Pratto ou Barrios", disse Bauza, que manteve conversas com dirigentes argentinos para assumir a seleção de seu país.

Para tirar Pratto da Cidade do Galo não vai ser fácil. Como o clube mineiro também conta com Fred, em termos de reposição não seria problema liberar o jogador argentino. Para isso, o Atlético-MG deseja receber cerca de 10 milhões de euros pelo camisa 9. Recentemente a diretoria atleticana rejeitou uma proposta de 7,5 milhões de euros à vista, feita pelo chinês Chongqing Lifan, que após a negativa tirou Alan Kardec do São Paulo.

Nelson Almeida/AFP
O técnico Edgardo Bauza

Apesar do interesse declarado por Bauza, o Atlético, através de sua assessoria, diz que não foi procurado pelo São Paulo. E até mesmo Lucas Pratto não considera uma transferência entre clubes brasileiros. Na última semana, quando surgiu a notícia do interesse tricolor, o atacante tratou de esclarecer como ficou sabendo do assunto.

"O meu empresário me ligou para falar sobre o que saiu na imprensa (interesse do São Paulo) e eu fiquei surpreso. Acho que nenhum time do Brasil irá tirar um jogador do Atlético. Não penso em jogar em outro time no Brasil. Se o presidente achar que tenho que ser vendido, e se for uma proposta boa para o clube e para mim, vamos sentar e conversar. Mas estou tranquilo e meu pensamento é ficar aqui", comentou Lucas Pratto.

Palmeiras

Encostado no elenco palmeirense, o paraguaio Barrios, que possui seus vencimentos pagos pela Crefisa, sabe que terá pouco espaço com o técnico Cuca neste Campeonato Brasileiro e já foi sondado pelo São Paulo há poucos dias.

Segundo apurou o UOL Esporte com pessoas ligadas à patrocinadora palmeirense, a Crefisa não se opõe a uma transferência de Barrios para um clube rival. Bastaria as três partes – o clube interessado, Palmeiras e patrocinadora – entrarem em um acordo pelo jogador paraguaio.

Bancado pela patrocinadora palmeirense, Barrios recebeu poucas oportunidades no elenco de Cuca, especialmente pela mudança no setor mais ofensivo, do líder do Campeonato Brasileiro. O treinador opta por um trio mais veloz (Gabriel Jesus, Róger Guedes e Dudu), formação que limita a participação do camisa 8 entre os titulares.

Barrios iniciou entre os 11 na estreia do Palmeiras no Brasileiro - 4 a 0 sobre o Atlético-PR. Depois deste duelo, o jogador sofreu com lesões e perdeu espaço. Foram apenas mais três jogos (Figueirense, Santos e Atlético-MG), todos como reserva.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos