Lateral afastado tem sondagem da Alemanha. Grêmio só libera por dinheiro

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Marcelo Hermes está fora dos planos do Grêmio e pode ser negociado

    Marcelo Hermes está fora dos planos do Grêmio e pode ser negociado

Afastado do grupo principal do Grêmio, o lateral esquerdo Marcelo Hermes recebeu uma sondagem de um clube que disputa a segunda divisão do futebol alemão. A direção do Tricolor, porém, afirma que não houve qualquer proposta oficial e só libera o jogador se receber algum valor em troca. 

"No fim do ano ele poderá ir para onde quiser. Mas até lá, só sai se o Grêmio aceitar. E não recebemos nada, nem sondagem nem proposta", disse o vice de futebol do clube gaúcho, Alberto Guerra, ao UOL Esporte. 

Hermes, de 21 anos, sonha em atuar na Alemanha e a ida poderia ser o primeiro passo para isso. Em abril, quando atuaria como titular na Libertadores pelo Grêmio, revelou o desejo de um dia defender o Bayern. 

Porém é algo que parece distante hoje em dia. Após uma desgastante negociação, o Tricolor resolveu retirá-lo do elenco principal. Marcelo pediu R$ 110 mil por mês de salários e rejeitou as propostas de progressão de valores propostas pelo clube. Irá cumprir seus últimos seis meses de vínculo na equipe 'de transição', ao lado de jogadores que retornam de empréstimo ou formam o elenco Sub-20. 

Mesmo sem qualquer intenção de usar Hermes novamente - Iago já foi titular contra o São Paulo e muito elogiado depois do jogo - o Grêmio não pretende facilitar as coisas para ele. Com imagem arranhada no clube, dependerá de uma boa oferta para ser negociado. 

A sondagem ocorreu através de empresários. O clube que pretende a chegada do lateral é mantido em sigilo, mas disputará a segunda divisão da Alemanha. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos