Nove santistas são detidos por briga com corintianos antes de clássico

Bruno Thadeu

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/TV Globo

    Torcedores santistas foram detidos após briga com corintianos

    Torcedores santistas foram detidos após briga com corintianos

A Polícia Civil realizou nesta terça-feira a "Operação Aquarius", que cumpriu mandados de prisão temporária para nove torcedores do Santos envolvidos em uma briga com torcedores do Corinthians no dia 1º de junho. Na ocasião, o confronto aconteceu na estação Penha do metrô e acabou com uma camisa do Corinthians roubada pelos torcedores santistas.

Os suspeitos foram indiciados por provocação e tumulto, lesão corporal e roubo, pois no dia levaram uma camisa de um torcedor corintiano. Eles foram levados ao DHPP para serem ouvidos e ficarão presos por cinco dias na carceragem do 77º DP

Além dos nove detidos, que foram encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa, a polícia ainda cumprirá mais nove mandados de busca e apreensão na capital paulista.

Os mandados judiciais foram expedidos por conta do roubo cometido contra os torcedores corintianos. Os torcedores do Santos detidos pertencem à organizada Torcida Jovem.

O jogo aconteceu na noite de quarta-feira, na Arena Corinthians, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro, e terminou com vitória dos mandantes por 1 a 0, gol de Giovanni Augusto. 

A Polícia Civil informou que imagens de câmeras de segurança cedidas pelo Metrô ajudaram na identificação dos nove suspeitos que participaram de uma briga contra torcedores corintianos dentro da estação Penha, no dia 1º de junho. Durante a operação para detenção dos torcedores, foram empregadas 20 viaturas e 60 policiais. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos