Argentina quer tirar Sampaoli do Sevilla; multa é de R$ 29 milhões

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Sevilla

    Federação argentina quer que Sampaoli acumule Sevilla com seleção até o fim no ano

    Federação argentina quer que Sampaoli acumule Sevilla com seleção até o fim no ano

A Associação Argentina de Futebol (AFA) quer que Jorge Sampaoli comande a seleção, mas afirma não ter como pagar a multa indenizatória do treinador com o Sevilla. O diário As informa que a entidade argentina arrumará alguma forma de se acertar com o clube da Espanha, que tem contrato com o técnico.

A multa para tirar Sampaoli do Sevilla é de 8,1 milhões de euros (cerca de R$ 29 milhões).

"É difícil explicar que hoje não temos dinheiro para pagar os gastos da AFA, mas que podemos pagar a multa por Sampaoli, mas é isso", disse uma fonte consultada pelo As.

O dinheiro da multa indenizatória poderia vir de um patrocínio de empresa ou do goverrno.

A AFA vive profunda crise financeira e teve sua autonomia controlada pela Conmebol e Fifa, que reprovaram a atuação do governo no comando da AFA.

Sem treinador para sua seleção, a AFA idealiza repartir Sampaoli com o Sevilla até o fim do ano. Sem dinheiro em caixa, a AFA evitaria a multa, utilizando o treinador pelos próximos três jogos das eliminatórias, mesmo com ele empregado no clube espanhol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos