Chavez recebe a camisa 9 e evita comparações com Calleri no São Paulo

Do UOL, em São Paulo

  • Érico Leonan / saopaulofc.net

    Andres Chavez fez primeiro treino no São Paulo

    Andres Chavez fez primeiro treino no São Paulo

Reforço do São Paulo para o restante da temporada, Andres Chavez chega com uma dificil missão: fazer a torcida esquecer outro argentino, Jonathan Calleri, artilheiro do clube na temporada com 16 gols. Prestigiado, o atacante recebeu nada menos do que a camisa 9; evitou comparações com o antecessor, mas prometeu buscar gols.

"Sei que Jony teve uma passagem muito boa por aqui, falei com ele e me incentivou a vir para um clube tão grande. Ele é um grande jogador, por isso fez tantos gols aqui. Não se se podemos ser comparados porque somos diferentes em estilos, mas ambos querem fazer gols", explicou.

Os dois primeiros treinos do reforço não poderiam ter sido melhores: na estreia, nesta terça, ele marcou um lindo gol de bicicleta.

"Fiz um lindo gol no primeiro treinamento. Me dá confiança para treinar sempre o máximo. Minha característica é muita potência, seguir à frente, com muito sacrifício".

Conhecido como "El comandante" na Argentina, Chavez explicou a origem do apelido e se colocou à disposição de Bauza.

"O apelido tem relação com o último presidente de Venezuela (Hugo Chavez). Me pediram para fazer uma comemoração, fiz um gol pelo Boca e fiz a pose de comandante. Estou pronto. Vinha treinando e só parei três dias até começar aqui. Comentei que estou bem e já estou treinando com gana. Quem vai decidir se vou jogar é o técnico", disse.

O São Paulo vai a campo no domingo, às 11h, quando recebe a Chapecoense no Morumbi.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos