Douglas é abandonado pelo Barcelona e luta por reviravolta em silêncio

João Henrique Marques

Do UOL Esporte, em Barcelona

  • Quique García / EFE

    Douglas foi afastado da pré-temporada do Barcelona, mas não quer deixar o clube

    Douglas foi afastado da pré-temporada do Barcelona, mas não quer deixar o clube

O Barcelona listou pendências para resolver no mercado do verão europeu. Reforçar o meio-campo, renovar com Neymar, manter Mascherano e transferir Douglas. A última missão ficou em aberta. O lateral brasileiro que recusou a ida para o Cruzeiro recentemente está sem mercado no futebol espanhol e agora foi abandonado pelo Barça. A situação o impede até mesmo de participar dos treinamentos com o elenco.

O recado final do descarte foi dado pela comissão técnica. Douglas foi vetado da viagem de pré-temporada para a Inglaterra e "ganhou" semanas mais de férias. O aviso é para que volte ao clube somente no dia 8 de agosto. Na data, deve iniciar treinos em horários alternativos ao do elenco principal. Ele não será relacionado para nenhuma viagem.

Conforme apurou o UOL Esporte, Douglas quer se reapresentar ao clube antes do previsto e lutar para conseguir uma oportunidade no time. Mas a tarefa não será fácil, já que causou irritação com a recusa de transferência para o Cruzeiro. O brasileiro já nem tem entrevistas vetadas pelo Barcelona e teve contrato com a assessoria de imprensa pessoal desfeito em janeiro. Só que no plano traçado, o silêncio é visto como necessário.

"Se fosse por mim o problema já estaria solucionado, pois não é conveniente para o clube o deixar parado", disse o secretário-técnico do Barcelona, Robert Fernández. "A coisa depende de outro clube e também da intenção do jogador", concluiu.

Robert Fernández foi o responsável por buscar um clube no mercado espanhol para emprestar Douglas. Um acordo de empréstimo chegou a estar próximo com o Sporting Gijón, clube parceiro do Barça em negociações do tipo, mas não foi concluído devido à falta de aceitação da maioria dos dirigentes do Sporting.

Denis Doyle/Getty Images
Douglas não quer sair da Espanha. O plano é cumprir os cinco anos de contrato com o Barcelona até 2018, e assim, adquirir a cidadania espanhola. Mudar de país inviabiliza o plano.

O lateral brasileiro acredita que com a cidadania será mais fácil para seguir carreira em qualquer clube europeu. Não só isso. Está adaptado, com a mulher e o filho, na cidade de Barcelona e não quer voltar para o Brasil.

Douglas agora vive situação delicada no Barcelona. O melhor amigo da família, o lateral esquerdo brasileiro Adriano, acertou transferência para o Besiktas-TUR. Solteiros, Rafinha e Neymar não são companhias presentes fora de campo.

Douglas foi contratado pelo Barcelona em julho de 2014 e fez oitos jogos em duas temporadas, sendo cinco nas primeiras fases da Copa do Rei e apenas três pelo Campeonato Espanhol.

Mesmo com a baixa participação, Douglas acredita que possa ter novas oportunidades. Com a transferência de Daniel Alves para a Juventus, Aleix Vidal ficou como o único lateral direito de ofício do elenco. No entanto, a disputa inicial pela posição será com o volante Sergi Roberto, que se destacou quando foi improvisado na posição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos