Para Cuca, saída de Gabriel Jesus não é tristeza: 'Vai ser melhor ainda'

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Para técnico do Palmeiras, clube que contratar camisa 33 'vai ficar bem servido'

    Para técnico do Palmeiras, clube que contratar camisa 33 'vai ficar bem servido'

O técnico do Palmeiras, Cuca, mostra-se conformado com a saída do atacante Gabriel Jesus para o futebol europeu. Em entrevista ao canal de TV por assinatura "ESPN Brasil", o treinador vê o jogador ainda em formação, mas acredita que o camisa 33 irá evoluir ainda mais na Europa, sem chances de retornar ao Brasil a curto prazo.

"Sinceramente, não vejo (a saída) com tristeza. Vejo com alegria saber que um jovem promissor - que está se formando, que já é ótimo e vai ser melhor ainda - está saindo para a Europa. Isso é bom para o trabalho do Palmeiras, que vai conseguir manter o menino", disse Cuca, referindo-se à permanência de Gabriel Jesus no clube pelo menos até o final de 2016.

"Tem uma renda muito grande em cima do jogador. Cabe a nós tentar formar outro jogador que pode vir a ter um futuro tão bom quanto o Gabriel e deixar uma rentabilidade tão boa quanto o Gabriel está deixando. É um ciclo natural, mas não tem como correr contra isso", completou.

A tendência é que Gabriel Jesus deixe o Palmeiras para defender o Manchester City em 2017. A negociação custaria ao clube inglês 32 milhões de euros.

O treinador palmeirense acredita que Gabriel Jesus, aos 19 anos, "ainda não é o jogador que vai ser" em poucos anos. Mesmo assim, Cuca aposta que a evolução do jogador em poucos anos dificulte seu retorno ao futebol brasileiro a curto prazo.

"Não é que ele esteja pronto. Ele ainda não é o jogador que vai ser daqui dois, três, quatro anos. Mas ele já é ótimo. Não tenho dúvida de que ele vai para a Europa, e o clube que o contratar vai ficar bem servido. Não tem como ser um bate-volta", afirmou, sem mencionar o destino do atleta.

Punição

Na tarde desta quinta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu Cuca com um jogo de suspensão pelo uso de ponto eletrônico na vitória por 2 a 0 sobre o Fluminense, em 25 de maio, pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

O gancho será cumprimeiro neste domingo, diante do Botafogo. "Vou cumprir uma partida que tem que cumprir de suspensão por causa daquele ponto", resignou-se o técnico do Palmeiras. "Já foi."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos