Atacante rebaixado para time B recebe 7 dias de suspensão do Santos

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/SantosFC

    Diogo Vitor alegou conjuntivite e foi punido por não se apresentar ao DM do Santos

    Diogo Vitor alegou conjuntivite e foi punido por não se apresentar ao DM do Santos

O atacante Diogo Vitor aprontou novamente. O atleta, que coleciona sumiços no Santos e foi rebaixado para o time B por Dorival Júnior, faltou pela segunda vez ao treino da equipe comandada pelo técnico Kleiton Lima. O UOL Esporte apurou entre os dirigentes santistas que o atleta alegou conjuntivite, mas não se apresentou ao departamento médico do clube.

Por conta disso, o caso de Diogo Vitor foi levado ao departamento jurídico do clube. Em decisão com a diretoria santista, o atacante recebeu uma suspensão de sete dias, com multa salarial.

"O Santos Futebol Clube aplicou uma suspensão de sete dias ao atleta Diogo Vitor. Sendo assim sete dias serão descontados dos seus vencimentos", informou o clube paulista em nota oficial ao UOL.  

O Santos também não confirmou o motivo da punição, mas a reportagem apurou que o atleta realmente estava com conjuntivite e foi suspenso por não ter se apresentado ao departamento médico.

Diogo Vitor apenas enviou uma foto de seus olhos pelo celular e, quando decidiu se apresentar ao departamento médico, já era tarde. A diretoria já havia decidido pela punição, pois o atleta é reincidente. O clube paulista já perdeu as contas de quantas vezes o atleta faltou aos treinos.

Em um de seus sumiços no Santos neste ano, Diogo Vitor alegou que a sua avó, Maria Luzia, havia morrido para se justificar. A cúpula santista ficou sensibilizada com o fato e ligou na casa do jogador, mas se surpreendeu mais uma vez, já que a própria avó atendeu a ligação. Dona Maria diz que ficou surpresa com a história e não sabe dizer se o neto faltou com a verdade ou se enganou, pois quem morreu foi a bisavó do atleta. 

"Fiquei sabendo sim (da desculpa sobre o seu falecimento). Não entendi porque ele falou isso. Não sei se ele não falou a verdade ou se enganou, mas quem morreu foi a minha mãe, a bisavó dele", disse. 

Diogo poderia estrear pelo Santos B no jogo deste sábado, diante do Água Santa, em Osasco, em jogo válido pela Copa Paulista. Mas o novo problema impediu que o atleta fosse escalado por Kleiton Lima.

Após sumiços nas categorias de base do Santos e quase ter o seu contrato rescindido, Diogo Vitor ganhou uma oportunidade com Dorival Júnior no elenco profissional. Ele atuou em duas partidas do Campeonato Brasileiro - contra Botafogo e Atlético-PR - e recebeu apoio de comissão técnica e jogadores para dar a volta por cima na vida. O atleta tem fama de craque e 'baladeiro' nos bastidores da Vila Belmiro. No entanto, o atleta não se apresentou a um treino do Santos e foi rebaixado por Dorival Júnior.

Mesmo assim, Diogo Vitor continua com as polêmicas. Já que a história da conjuntivite marcou a segunda falta do jogador ao treino do Santos B.

Santos insiste com atacante por considerá-lo diferenciado

Diogo Vitor é considerado diferenciado dentro de campo e, por isso, o clube investe em tratamento psicológico para recuperar o jogador. Ex-atletas do Santos, de renome, também foram acionados para aconselhar o garoto.

A revelação santista seria apresentada ao torcedor na Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano, mas ele sumiu e não participou da competição. Diogo alegou dor de dente e ainda rejeitou o tratamento do clube.

Diogo ficou famoso nas noitadas de Santos, arrumou confusões e teve até que voltar a sua cidade Natal, em Coqueiral-MG. Em abril deste ano, ainda em Minas Gerais, na cidade de Santana da Vargem, o atacante se envolveu em um acidente na madrugada. Ele estava em uma caminhonete que bateu em uma parede, mas ninguém se feriu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos