Iniesta diz que atacantes não vão para o Barça por medo de ficar no banco

Do UOL, em São Paulo

  • Juan Medina/REUTERS

    Capitão do Barcelona falou sobre dificuldade de encontrar um atacante no mercado

    Capitão do Barcelona falou sobre dificuldade de encontrar um atacante no mercado

A busca do Barcelona por um atacante é uma das principais novelas da atual janela de transferências na Europa. E a dificuldade em encontrar um jogador de frente que queira defender o clube catalão acontece porque jogadores não querem mudar de time para ficar no banco, segundo o meia Andrés Iniesta.

Em entrevista ao jornal italiano Gazzetta dello Sport, o capitão do Barcelona admitiu que é difícil para um atacante aceitar que vai passar a maior parte da temporada na reserva de estrelas como Messi, Neymar e Suárez.

"É inegável", disse Iniesta quando perguntado se os atacantes têm medo de competir com o trio titular. "Ainda assim, eles têm que colocar na cabeça que poderiam acrescentar bastante para ajudar o Barça a ficar ainda mais forte".

"A situação tem seus prós e contras. Pode parecer um desafio complicado conseguir tempo de jogo competindo com os atacantes estelares que temos, mas jogar neste clube é sempre excitante", continuou.

Se está difícil para o Barça conseguir um atacante, o meio-campo foi reforçado com as chegadas do português André Gomes, ex-Valencia, e do espanhol Denis Suárez, ex-Villarreal. Para Iniesta, a concorrência extra é bem-vinda.

"Não estou preocupado, porque acho que a competição é benéfica para o time. Estou motivado para ir bem nos treinos e ganhar meu lugar na equipe, mas esses caras também estão. Se todos nós jogarmos em alto nível, é mais fácil para o Barcelona fazer gols", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos