Rivais pelo posto de titular, goleiros do Barça resolvem pressionar o clube

Do UOL, em São Paulo

  • GUSTAU NACARINO/REUTERS

    Ter Stegen está infeliz no Barcelona

    Ter Stegen está infeliz no Barcelona

O Barcelona tem mais um problema para resolver nesta pré-temporada. Enquanto segue procurando por um atacante após diversas negociações frustradas, o clube precisa resolver a insatisfação dos goleiros Ter Stegen e Cláudio Bravo.

Segundo o jornal espanhol "Marca", o goleiro chileno repetiu a estratégia do companheiro alemão e se reuniu com a diretoria do clube para cobrar uma posição definitiva sobre a sua situação. Na última temporada, os atletas se revezaram na meta catalã, sendo Bravo o titular nas partidas do Campeonato Espanhol e Ter Stegen o escolhido para os jogos pela Liga dos Campeões.

Em busca de mais tempo de jogo, os goleiros cobraram a diretoria por uma definição. Contudo, ainda de acordo com a publicação espanhola, a resposta para ambos teria sido a mesma: "venham com o dinheiro da rescisão se quiserem sair".

Ter Stegen e Claudio Bravo já receberam sondagens de outros clubes europeus por conta da indefinição na meta catalã. O goleiro alemão teria uma vantajosa proposta do Manchester City para atuar sob comando de Pep Guardiola e estaria disposto à aceita-la caso vá seguir como suplente do colega chileno no Campeonato Espanhol. A cláusula de rescisão de seu contrato é de 80 milhões de euros (R$ 291 milhões).

Já o caso de Bravo pode ser considerado mais simples por conta do valor de sua multa rescisória, que é de "apenas" 40 milhões de euros (R$ 145 milhões). Mesmo insatisfeito, o goleiro chileno pretende "esperar os próximos acontecimentos", especialmente para ver qual será a escolha de Luis Enrique para defender a meta catalã contra o Sevilla, na Supercopa da Espanha. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos