Leco revela dificuldade e diz que SP não busca técnico estrangeiro

Do UOL, em São Paulo

  • Rubens Chiri/saopaulofc.net

    Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, venceu eleição do São Paulo e ficará no cargo até abril de 2017

    Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, venceu eleição do São Paulo e ficará no cargo até abril de 2017

Minutos antes do confronto diante do Atlético-MG nesta quinta, no Morumbi, o presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva confirmou que o clube não busca um treinador estrangeiro para substituir Edgardo Bauza. Para Leco, o momento é mais propício para um brasileiro, embora haja dificuldades.

"O momento não é propício para uma aventura, sem pensar, com um estrangeiro. Não teria tempo de se ambientar. E os bons brasileiros estão empregados", disse o mandatário.

O presidente são paulino ainda afirmou que segue no mercado a procura de um centroavante, e confirmou que, caso não contrate um novo técnico até lá, André Jardine, do Sub-20, comandará o time profissional no final de semana. Além disso, confirmou que Centurión está prestes a se transferir para o Boca Juniors (ARG).

"O São Paulo está no mercado por um atacante e o Centurión está a caminho do Boca Juniors", disse.

 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos