Ex-agente brigará com Palmeiras na Justiça por R$ 25 mi de G. Jesus

Bruno Thadeu e José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ladeira/Folhapress

    Briga financeira pela transferência de Gabriel Jesus está na Justiça

    Briga financeira pela transferência de Gabriel Jesus está na Justiça

Encerrada a novela sobre a transferência de Gabriel Jesus para o Manchester City, Palmeiras e Fábio Caran, ex-agente do jovem atleta, seguem na Justiça contestando a divisão do lucro obtido pela venda. O clube processou o antigo empresário, dono por contrato de 22,5% dos R$ 115 milhões (R$ 25 mi). Caran, por outro lado, prometeu resposta também por meios legais, segundo apurou o UOL Esporte no fim da manhã desta sexta-feira.

A briga pelos direitos de Gabriel Jesus teve início antes mesmo de concretizada a venda para o clube da Premier League. O Palmeiras enxergou uma quebra de contrato por parte de Fábio Caran e garantiu que receberá R$ 76 milhões de toda a transferência de Jesus.

O Palmeiras se apega a uma manobra do antigo agente de Gabriel Jesus para lucrar mais na negociação que levou a revelação para o futebol inglês. 

Para renovar contrato com Gabriel Jesus, o Palmeiras teve que ceder 70% de seus direitos econômicos: 47,5% à CR Sports, do agente Cristiano Simões, e 22,5% a Naima Ferreira, mulher de Fábio Caran. Uma cláusula no contrato previa que ninguém poderia repassar ou vender seu percentual, sob pena de multa e perda dos direitos.

Para o alviverde, Caran e a companheira violaram essa cláusula, conforme publicado pelo UOL Esporte no último dia 26, após a venda de uma parte da empresa para outros dois sócios (Mahmud Ayesh e Marco Francisco Lopez Redondo), que compraram 99% da Naima Ferreira Ltda.

Em contato com a reportagem, a defesa de Fábio Caran informa que não foi citada judicialmente. "Sabemos extraoficialmente deste processo do Palmeiras, e primeiramente precisamos conhecer os termos para tomarmos a nossa decisão", declarou à reportagem o advogado Bichara Neto, representante de Fábio Caran.

Pessoas próximas ao antigo agente de Gabriel Jesus ainda torcem por um acordo com o Palmeiras, sem a necessidade de um desgaste natural na batalha judicial. Procurado pela reportagem, Fábio Caran preferiu não se pronunciar sobre o assunto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos