Mourinho explica o motivo do afastamento de Schweinsteiger

Do UOL, em São Paulo

  • Phil Noble Crédito/REUTERS

    Alemão treina com o time Sub-23 desde que o novo técnico assumiu o United

    Alemão treina com o time Sub-23 desde que o novo técnico assumiu o United

José Mourinho se defendeu das críticas por ter afastado Bastian Schweinsteiger. Em entrevista coletiva na manhã desta sexta, o técnico do Manchester United revelou porque o meio-campista alemão está treinando com a equipe sub-23.

"Eu tenho que tomar minhas decisões. É simples. Isso acontece em todos os clubes do mundo", explicou.

A decisão de não utilizar Schweinsteiger passa pelo número de jogadores do elenco. "A verdade é que você precisa de um certo número de jogadores para encarar a temporada. Normalmente, eu trabalho com 20 atletas, mais os três goleiros. Isso é o que eu faço há 15 anos".

O próprio técnico confirmou que ainda falta um jogador para fechar o número desejado. "Nós temos 22 hoje. Teremos 23", admitiu. Segundo Mourinho, o Manchester United vai contratar "um meio-campista muito bom" na próxima semana.

Caso de bullying com Schweinsteiger

Depois do presidente do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge, reprovar a conduta de Mourinho, foi a vez de Dejan Stefanovic se pronunciar sobre o assunto. O advogado e membro do FIFPro (Federação Internacional dos Jogadores Profissionais de Futebol) sugeriu que o técnico do Manchester United deveria ser preso por bullying.

"É um claro exemplo de bullying. Na Eslovênia, teríamos acusado Mourinho e pedido a pena máxima para esses casos, que são três anos de prisão. É um péssimo exemplo e quero levá-lo ao tribunal civil e trabalhista", declarou Stefanovic.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos