Santos planeja centenário da Vila com despedida de Léo e Benfica

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Ricardo Nogueira/Folhapress

    Lateral Léo fez história no Santos, mas também defendeu o Benfica entre 2005 e 2009

    Lateral Léo fez história no Santos, mas também defendeu o Benfica entre 2005 e 2009

A Vila Belmiro completará 100 anos de existência no dia 12 de outubro deste ano. Para comemora o centenário de seu alçapão, o UOL Esporte apurou que o Santos planeja um amistoso contra o Benfica, de Portugal. A partida também marcará a despedida do ex-lateral esquerdo Léo.

Modesto Roma e Léo devem viajar juntos para Portugal na próxima semana para acertar o amistoso com a diretoria do clube português. Além de fazer sua história no Santos, como o maior ganhador de títulos do clube após a Era Pelé, Léo também foi ídolo no Benfica, onde atuou entre 2005 e 2009.

A ideia do amistoso partiu do presidente santista, já que o próprio lateral já havia desistido de realizar um jogo de despedida.

Léo encerrou a carreira em 2014, quando entrou em rota de colisão com a ex-diretoria do Santos, comandada pelo ex-presidente Odílio Rodrigues. Na ocasião, o lateral convocou uma entrevista coletiva em seu apartamento e disparou críticas com os dirigentes.

No mesmo ano, Léo começou a apoiar a candidatura de Modesto Roma e, inclusive, compareceu as urnas no final do ano para votar no atual mandatário do Santos.

Em fevereiro deste ano, Léo foi homenageado na calçada da fama no Museu Rei Pelé. Na ocasião, o ex-lateral demonstrou mágoas com o clube paulista ao alegar que não esperava a mesma homenagem do Santos. O ex-camisa 3, inclusive, chegou a dizer que havia desistido da despedida.

"Praticamente sim (desistiu da despedida), minha despedida já foi, em toda minha carreira, o que eu fiz, vai ficar na memória do torcedor", afirmou Léo.

"Não (espera uma homenagem do Santos no mesmo patamar). Vai fazer dois anos que parei, não me preocupo com isso. O que me deixa tranquilo, feliz, é que seja em Santos, São Paulo, Belo Horizonte, eu recebo o carinho do torcedor comigo. Isso não tem preço e nada vai pagar", completou.

Léo atuou 455 vezes com a camisa do Santos e marcou 24 gols. No clube paulista, ele conquistou os Campeonatos Brasileiros de 2002 e 2004, a Copa do Brasil de 2010, a Libertadores de 2011, a Recopa Sul-Americana de 2012 e os Campeonatos Paulistas de 2010, 2011 e 2012.

Além do duelo contra o Benfica e a despedida de Léo, o Santos prepara uma série de festividades para o mês de outubro para comemorar os 100 anos da Vila Belmiro. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos