"Espero que peçam muito dinheiro", diz Roger sobre ofertas a Luan e Walace

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Roger Machado espera que ao menos os valores de venda de Luan e Walace sejam bons

    Roger Machado espera que ao menos os valores de venda de Luan e Walace sejam bons

Roger Machado foi sincero ao afirmar que não irá se preocupar em perder Luan e Walace para o mercado europeu antecipadamente. As repetidas sondagens pela dupla que defende a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, fizeram o técnico gremista brincar, em entrevista coletiva. "Espero que o Grêmio peça muito dinheiro por eles", sorriu. 

"Não vou criar problema de véspera para mim. Já tenho muitos para me preocupar. Clubes grandes sempre estão atentos ao mercado. Agora está restrito por conta da janela, as opções diminuíram. Estamos atentos a isso. Não vou me precipitar e sofrer por antecedência. Hoje torço para que eles (Luan e Walace) irem bem na Olimpíada, porque sei que tem um reflexo no clube. E espero que o Grêmio peça bastante dinheiro por ele", disse.
 
As últimas movimentações foram de Barcelona por Luan e Espanyol por Walace. O time de Neymar, Messi e companhia, segundo o presidente Romildo Bolzan Júnior, não fez proposta oficial pelo atacante. Contudo, a imprensa espanhola cita ofertas próximas a 23 milhões de euros (R$ 80,4 milhões). O valor poderia chegar aos 28 milhões de euros (R$ 97,9 milhões), mas nada confirmado pelo mandatário. 
 
Já sobre Walace, o Grêmio confirma que recebeu uma sondagem do Espanyol. O valor apresentado, porém, não agradou. Foi inferior aos 10 milhões de euros (R$ 35,2 milhões) esperados. Uma nova oferta deve ser apresentada na semana que vem. 
 
"O que conversamos semanalmente é que não tem nenhum jogador do Grêmio à venda. Agora, que o mercado, principalmente no final da janela, começa a se agitar e a exposição dos nossos jogadores faz com que o mercado olhe. Não tem como garantir saída ou permanência deles. É uma questão de expectativa. Mas, como tenho repetido, hoje não conto com eles porque não estão aqui. Não posso projetar o futuro. O que tenho à disposição é o que trabalho hoje. E a disponibilidade de me dar uma resposta é boa", completou o treinador. 
 
A direção do Grêmio não esconde que ainda procura um meia-atacante para fechar o elenco. Allione, do Palmeiras, foi descartado após o clube paulista negar sua liberação por empréstimo. Marlone, do Corinthians, também acabou perdendo força nos bastidores do Tricolor. 
 
O Grêmio se prepara para pegar o Corinthians, no domingo. O meia-atacante Negueba sofreu uma lesão no treinamento desta sexta-feira e não deve participar do confronto. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos