São Paulo diz não a proposta do Sevilla por R. Caio e espera novas ofertas

Pedro Lopes e Ricardo Perrone

Do UOL, em São Paulo

  • Eduardo Anizelli/Folhapress

    Rodrigo Caio durante treino da seleção olímpica

    Rodrigo Caio durante treino da seleção olímpica

O São Paulo não aceitou a oferta apresentada verbalmente por um intermediário em nome do Sevilla por Rodrigo Caio. A proposta era de aproximadamente 9,5 milhões de euros mais 1,5 milhão de euros de bônus por desempenho, isso por 80% dos direitos econômicos do zagueiro. O valor foi oferecido por André Cury, mesmo empresário que negociou a ida de Paulo Henrique Ganso para o Sevilla e intercedeu pela renovação de Neymar junto ao Barcelona.

Apesar da recusa, as conversas não estão totalmente encerradas. De acordo com pessoas envolvidas no negócio, o clube do Morumbi acredita que irá receber outras ofertas pelo jogador. O zagueiro tem contrato até outubro de 2018 e seis meses antes poderia assinar pré-contrato com outra equipe.

Desde o início, as conversas esbarram na falta de uma sinalização oficial do Sevilla. Não houve, até o momento, a chamada "proposta oficial", em papel timbrado, do clube espanhol. As sinalizações, até o momento, têm sido verbais. Com a política de não comentar negociações, o São Paulo não confirma a existência de nenhuma proposta – pessoas ligadas à cúpula reafirmam que o clube aguarda uma oferta oficial.

Além do Sevilla, Rodrigo também já foi alvo de sondagens da Lazio, que ainda não fez uma proposta para contar com o jogador. O clube Italiano sinalizou que pode cobrir a oferta espanhola, mas quer negociar para ficar com 100% do zagueiro

Além de Rodrigo Caio, o São Paulo tem Lugano, Maicon, Lyanco e Douglas como principais opções para o setor defensivo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos