Galatasaray é campeão da Supercopa em jogo marcado pela violência

Do UOL, em São Paulo

O Galatasaray conquistou o título da Supercopa da Turquia neste sábado (13) ao bater o rival Besiktas nos pênaltis, na Toku Arena, na cidade de Koya, mas o que chamou a atenção foi a violência entre as torcidas dos dois clubes.

Antes da partida, torcedores do Galatasaray fizeram uma emboscada e depredaram vários ônibus que conduziam fãs do Besiktas ao estádio. De acordo com o jornal espanhol Marca, a confusão ocorreu a 60 quilômetros do local da partida. Ainda segundo a publicação, quatro pessoas ficaram feridas durante o ataque. 

Em um vídeo postado nas redes sociais é possível ver várias pessoas trajando camisas do Galatasaray com pedaços de pau e pedras nas mãos. Tais utensílios foram arremessados nos veículos da torcida do Besiktas. Vidros foram quebrados e latarias ficaram amassadas. 

 

Em campo, após um empate por 0 a 0 no tempo normal e outro por 1 a 1 na prorrogação - com gols de Hakan Kadir Balta (Galatasaray) e Aurelien Chedjou (contra) -, o Galatasaray derrotou rival por 3 a 0 nas penalidades. 

Oguzhan Ozyakup, Cenk Tosun e Atiba Hutchinson desperdiçaram suas cobranças, enquanto Selcuk Inan, Hakan Kadir Balta e Tolga Cigerci converteram para o campeão da Supercopa, que reuniu os vencedores da Copa Turca (Galatasaray) e do Campeonato Turco (Besiktas). 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos