Na estreia de Ancelotti, Bayern vence na casa do Borussia e leva Supercopa

Do UOL, em São Paulo

Carlo Ancelloti estreou com o pé direito no Bayern de Munique. Substituto de Pep Guardiola, que seguiu para o Manchester City, o novo técnico bávaro viu sua equipe vencer o rival Borussia Dortmund por 2 a 0 no estádio Signal Iduna Park, neste domingo, e desta forma conquistar a Supercopa da Alemanha no jogo que inaugura a temporada do futebol alemão de 2016/17.

Vale lembrar que a Supercopa da Alemanha reúne o campeão alemão e o campeão da Copa da Alemanha, mas como o Bayern venceu as duas competições na temporada passada, a Federação Alemã de Futebol definiu o Borussia – vice nos dois torneios – como adversário.

Vidal tenta duas vezes e se redime

Divulgação/Twitter oficial do Bayern de Munique

Arturo Vidal havia perdido uma boa chance na etapa final, mas se redimiu no segundo tempo, e com o gol que acabou sendo o do título. Depois de jogada de extrema velocidade do Bayern, Vidal recebeu na entrada da área e finalizou forte; o goleiro defendeu, mas no rebote o próprio meio-campista chileno deu um leve toque de direita para mandar para as redes.

Thomas Müller fecha a conta em Dortmund

Com o placar em 1 a 0 e quase 35min do segundo tempo, era o Borussia quem tentava, já de forma pouco organizada, igualar o placar. Mas foi o Bayern, através de um escanteio, quem voltou a marcar para garantir o primeiro título da temporada. Após cobrança da direita, Mats Hummels desviou de cabeça e Thomas Müller completou para as redes.

Igualdade de títulos da Supercopa

Com a conquista deste domingo, o Bayern de Munique chegou a seis títulos da Supercopa da Alemanha e igualou o Borussia Dortmund, que até então estava na frente. Esta foi a quinta vez que as duas equipes decidiram o torneio, e a segunda em que o Bayer levou a melhor.

Vaias a Mats Hummels

Hummels fez neste domingo a sua reestreia com a camisa do Bayern. Ex-Borussia, o zagueiro que iniciou a carreira no time bávaro não foi perdoado por sua 'última torcida' e foi vaiado a cada toque na bola.

Gotze fica no banco de reservas

Além de Hummels, outro que voltou a mudar de lado foi Mario Gotze. Ex-jogador do Bayern, ele poderia fazer a sua reestreia com a camisa do Borussia Dortmund, mas acabou permanecendo no banco de reservas até o fim do jogo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos